Quarta-feira 24 de Outubro de 2018

“AQUELES QUE NINGUÉM QUIS AMAR” – À Memória da Poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen

Este pensamento, tristemente belo, é da saudosa poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen, que além de uma grande Senhora da literatura portuguêsa do século XX, foi desde muito jovem uma resistente à ditadura, tendo sido depois do 25 de Abril, eleita deputada à Assembleia Constituinte. Realmente é impressionante contemplar os corpos retalhados dos bebés, mas mais chocante ainda é olhar …

Ler mais »

PORQUE CREMOS

Fazemo-lo consciente e deliberadamente, com a liberdade de opção que o Senhor concedeu ao Homem, porque acreditamos naquilo que proferimos, não como palavras e apenas e só palavras, mas porque neles nos interiorizarmos e aceitamos, tal como o fazemos em relação aos "Mandamentos da Lei de Deus", na revelação a Moisés e na Doutrina de Amor Comungante, de Fraterna Solidariedade …

Ler mais »

O SENTIDO DA PENITÊNCIA

Mas, em primeiro lugar, é preciso desfazer certos equívocos que se foram introduzindo no pensar de muito boa gente, pois, julgam que a santidade se mede pelo número e grandeza dos sacrifícios e das penitências praticadas e consequentes sofrimentos. Tudo isto teve origem, sem dúvida, em uma má informação ou melhor numa autêntica deformação sobre a imagem à espreita para …

Ler mais »

ABORTO

O impacto da perda, habitualmente é expresso com tristeza e revolta como neste caso especifico do aborto quer ele seja espontâneo ou provocado. Estas respostas podem ser incluídas em respostas de luto. Quando à ocorrência de aborto, o segredo é mantido… por vergonha, … por medo, …etc. Contudo as reacções psicológicas a uma situação abortiva (quer seja espontânea ou provocada) …

Ler mais »

Passeata pela Vida em Faro reuniu cerca de 800

Luís Lopes, um dos principais impulsionadores da iniciativa e membro do movimento ‘Algarve pela Vida’, responsável pela organização em colaboração com a associação ‘Sabor da Vida’ e a Associação Evangélica Portuguesa, foi um dos primeiros a intervir. "Porque não se preocupam em dar subsídios às mulheres para que elas sejam apoiadas?", interrogou Luís Lopes, lembrando que "o embrião é vida …

Ler mais »

D. Manuel Quintas tem visitado a paróquia de Silves

Acolhido na antiga catedral algarvia pela comunidade local reunida com o seu pároco, o padre Carlos de Aquino, que manifestou a alegria da paróquia ao iniciar uma semana encontro com o Pastor da diocese, D. Manuel Neto Quintas fez questão de agradecer a recepção que lhe foi proporcionada. O Bispo diocesano lembrou a origem e o sentido deste encontro com …

Ler mais »

Jornadas sobre Voluntariado frisaram necessidade de estruturação

A iniciativa, que este ano teve como tema o “Voluntariado”, ajudou os presentes a reflectir e a perceber a necessidade da formação e de estruturação com vista à prática daquela actividade. D. Manuel Neto Quintas, Bispo do Algarve, começou por sublinhar o sentido do voluntariado cristão. “Humanamente sabemos que devemos fazer bem a quem precisa, mas do ponto de vista …

Ler mais »

Caminheiros e pioneiros do CNE celebraram patronos com acampamento

Cerca de 311 elementos, entre pioneiros, caminheiros e dirigentes do Corpo Nacional de Escutas (CNE) participaram na celebração dos patronos daquelas duas secções escutistas, integradas nas comemorações do centenário mundial do escutismo e dos 60 anos do CNE na região do Algarve. O chefe José João Cercas, secretário regional para a III secção explicou à FOLHA DO DOMINGO que, no …

Ler mais »

Jornadas do Clero ajudaram a conhecer o Algarve

Este ano com a novidade que a participação quer de leigos quer de personalidades envolvidas com a dinâmica quotidiana do Algarve trouxe. Partindo dos contributos do Reitor da Universidade do Algarve, João Guerreiro e de Macário Correia, Presidente da GAMAL – Grande Área Metropolitana do Algarve e da presença de alguns leigos no primeiro dia das jornadas, “é possível perceber …

Ler mais »

Bispo Emérito do Algarve orienta Retiro no Santuário de Fátima

A iniciativa tem procurado levar os participantes ao (re)encontro com Deus, através de momentos de reflexão e oração pessoal, intercalados com espaços de formação espiritual. Integrado no retiro, decorre amanhã à noite a apresentação da peça teatral “O Filho Pródigo”, uma dramatização da parábola do “Filho Pródigo”, com encenação de Andraej Kowalski, pela companhia de teatro “O Nariz”.

Ler mais »

O BÉBÉ E A CEGONHA

Agora o que não podemos tolerar nem compreender é que a vida de uma cegonha ou a protecção dos ovos das cegonhas, como aliás de qualquer outra espécie animal, possa ter para a lei portuguesa mais importância que a protecção do embrião humano, do feto humano, do descendente do homem, do bebé que vive no seio materno uma vida humana …

Ler mais »

“NÃO MATARÁS”

Em Outubro, este mesmo País a presidir, neste 2º semestre de 2007, organiza, no Algarve, um Congresso Internacional com a presença de destacadas individualidades mundiais da política, da jurisprudência e dos direitos humanos para lançar o desafio, que vem desde há séculos e em que Portugal se assumiu em posição de vanguarda, contra a pena de morte em todo o …

Ler mais »

SINAL DA CRUZ – SINAL DA NOSSA SALVAÇÃO

A este respeito, seria de toda a conveniência atentarmos no que vem publicado no "vocabulário básico da liturgia" do Centro Pastoral Litúrgico de Barcelona que diz o seguinte: "Nós, os cristãos, fazemos com frequência o sinal da cruz nas nossas pessoas. A nós fazem-no-lo outros, como no caso do Baptismo, da Confirmação, da Penitência e das bênçãos. Ao princípio, parece …

Ler mais »

CRIANÇAS, ENFIM

E não consigo também, pela formação científica (biológica e médica) que tenho, deixar de olhar para o momento da fecundação de um óvulo por um espermatozóide como um momento ímpar, o do nascimento de uma criança. Sei que quer o óvulo quer o espermatozóide são células maduras, condenadas à morte. E que no momento em que se unem há uma …

Ler mais »

A DIGNIDADE DA VIDA E A IMPRECISÃO DO TEMPO

À pergunta: “Que fazia Deus antes de criar o céu e a terra?”, não respondo: “Estava a preparar o Inferno para as pessoas que fazem perguntas incómodas.” Isso seria fugir à questão, diz Santo Agostinho nas suas Confissões. O Tempo vegetal Se dissermos a um agricultor que a sua sementeira apenas existe após as primeiras 10 semanas de vida, que …

Ler mais »