Localizado na rua Caçadores Quatro, perto do Largo de São Francisco, o Centro Pastoral da Sé de Faro encheu-se de algumas centenas de paroquianos (entre os quais o agrupamento local do CNE – Corpo Nacional de Escutas), ainda que muitos não tivessem cabido no seu interior. O pároco da Sé de Faro, antes da bênção, explicou tratar-se aquele de um dia pelo qual a paróquia ansiava há muito. “Quero dar graças a Deus por finalmente termos um espaço onde poderemos, com condições, proclamar aquela que é a primeira missão da Igreja: anunciar o Evangelho”, regozijou-se o padre Mário de Sousa. Destacando a ocorrência daquela inauguração num ano dedicado a São Paulo, o prior afirmou ser com alegria que todos os paroquianos da Sé “vivem e agradecem a Deus” aquele este dia. “Quero pedir a Deus que todos aqueles que vão usar esta casa se sintam verdadeiramente iluminados por São Paulo e pelo seu exemplo, para que cada um de nós nunca olhe a meios, nem a canseiras para anunciar Aquele Cristo que um dia descobrimos e que somos chamados a anunciar e a levar a todos os homens, a propósito e a despropósito”, complementou, explicando que, a partir daquele dia, todos os serviços paroquiais se realizam agora ali. “Esta casa é de Deus e para a glória d’Ele. É uma casa onde cremos que Deus está presente”, concluiu. Após o visionamento da projecção de algumas fotografias que ilustraram o desenvolvimento das obras, seguiu-se o bênção do novo espaço, tendo o Bispo do Algarve considerado que a nova estrutura paroquial é desígnio divino. “Esta obra é fruto da bondade do Senhor, da coragem com que o vosso pároco, apoiado por vós e em vós, decidiu avançar com este projecto”, referiu D. Manuel Quintas, lembrando que aquele espaço “era mais do que urgente e necessário” para a aquela comunidade paroquial. “Uma comunidade que continua a crescer e precisa de espaço para se encontrar e congregar e para meditar na Palavra de Deus”, sublinhou o Bispo diocesano. D. Manuel Quintas deixou ainda um apelo aos presentes. “Agora é preciso ter a coragem de responder aos pelos que o vosso pároco vos fará para utilizardes este espaço e participardes nas iniciativas que aqui se realizarão, para que esta comunidade se sinta mais viva, fraterna, eucarística e missionária”, exortou. O Centro Pastoral da Sé de Faro é composto, no rés-do-chão, por uma sala de catequese, um salão, secretaria e casa de banho e, no primeiro andar, por mais quatro salas de catequese, uma secretaria, duas casas de banho e uma kitchnet, para além do espaço exterior (ainda em obras) que integra um quintal, onde se encontra uma sala de catequese, uma cozinha e uma sala para arrumos. Para além das reuniões e da catequese paroquial, acolherá ainda os grupos organizados como o CPM – Centro de Preparação para o Matrimónio.