Segunda-feira 19 de Agosto de 2019
Inicio / Ambiente

Ambiente

Rede ‘Cuidar da Casa Comum’ foi apresentada a agentes algarvios da pastoral social

As XVII Jornadas de Ação Sociocaritativa da Diocese do Algarve – que este ano constituíram simultaneamente o VIII Encontro dos Centros Sociais Paroquiais e das Santas Casas da Misericórdia promovido pela diocese algarvia – contaram com uma apresentação da rede ‘Cuidar da Casa Comum’. A apresentação, feita por Maria Luísa Ribeiro Ferreira no passado sábado no encontro que teve lugar …

Ler mais »

Jovens assistiram na Jornada Diocesana da Juventude a libertação de cegonha que tinha sido baleada

A Jornada Diocesana da Juventude, realizada em Olhão, incluiu no passado sábado a libertação de uma cegonha tratada pelo Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens (RIAS) que foi encontrada ferida por ter sido baleada. O animal chegou ao RIAS em meados do passado mês de Março após ter sido encontrada em Faro. “É uma cegonha que suspeitamos que …

Ler mais »

Presidente da Câmara de Loulé destaca contributo do papa Francisco para a salvação do planeta

O presidente da Câmara de Loulé destacou o contributo que o papa está a dar para a salvação do planeta. Vítor Aleixo destacou no sábado, na inauguração da Avenida Papa Francisco, em Quarteira, a “figura”, o “pensamento” e a “autenticidade humana de cristão e de pastor”. “Todas essas qualidades estão bem à vista, não só pela profundeza de interpretar as …

Ler mais »

‘Laudato si’ lança “novo desafio educacional” para um “novo estilo de vida”

O frei Paulo Ferreira afirmou na passada quarta-feira que o Papa Francisco lança na sua recente encíclica um “novo desafio educacional” que visa conduzir a um “novo estilo de vida”, “um novo paradigma”. “O paradigma que vigora na sociedade contemporânea é um paradigma tecnocrata que parece que perdeu o sentido da integralidade da vida. Por isso, o Papa nos propõe …

Ler mais »

‘Laudato si’: Cuidado com a natureza como caminho para combater exclusões

O diácono Luís Galante explica que “o Papa pretende que o cuidado com a natureza se torne ele próprio um caminho para combater a pobreza e as exclusões, sem prescindir do humanismo”. “A penúria extrema, vivida nalguns ambientes privados de harmonia, magnanimidade e possibilidade de integração, facilita o aparecimento de comportamentos desumanos e a manipulação das pessoas por organizações criminosas. …

Ler mais »