Segundo Brígida Tomé, uma das promotoras da oração, o grupo decidiu continuar organizado para promover acções a nível paroquial. “Sentimos que gostávamos de evangelizar e que temos também de crescer espiritualmente noutras dimensões. Uma das ideias é promovermos orações destas com alguma frequência, sendo que esta foi a primeira”, explica, acrescentando que a segunda edição acontecerá já no início de 2009, prevendo-se que tenham uma periodicidade trimestral, com alguma intensificação no período de Verão para tentar combater a habitual dispersão dos jovens nesta altura do ano. Diante da presença de algumas dezenas de participantes, entre as quais a do pároco local o padre Jorge Carvalho, o grupo, composto por cerca de 16 elementos, intercalou a introdução de reflexões com a interpretação de temas como ‘Em nome do Pai’, ‘Ilumina-me’, ‘Voa bem mais alto’, ‘Teu olhar nos seduz’, ‘Estrela polar’, ‘Dom de Eternidade’, ‘Só por Ti Jesus’, ‘Quero louvar-Te’, ‘Tu vem e segue-Me’, ‘Ninguém te ama como Eu’, ‘Verbo de Deus’, ‘Maria, a Boa Mãe’ e ‘Tu és o Sol’, em que todos eram convidados a cantar com a projecção das mensagens feita em ecrã diante da assembleia. Aos presentes, alguns oriundos da paróquia vizinha de Olhão e de Faro, foi pedida a troca de mensagens entre si, escritas num papel entregue para o efeito. Já perto do final, todos cantaram, de mãos dadas, o Pai Nosso.