Quinta-feira 28 de Novembro de 2019
Inicio / Igreja / ‘Lâmpadas da Paz’ entregue a paróquias que angariarão fundos para vítimas da crise

‘Lâmpadas da Paz’ entregue a paróquias que angariarão fundos para vítimas da crise

A luz, trazida no passado dia 6 de Dezembro de Fátima, da Eucaristia presidida por D. Carlos Azevedo, no Santuário mariano, alusiva à acção ‘10 Milhões de Estrelas’ e transmitida pela TVI foi entregue à Diocese do Algarve que a propagou agora pelas paróquias de Castro Marim (Altura), Boliqueime, Cacela, Cachopo, Ferreiras, Loulé, Olhão, Paderne, Pechão, Amparo, Quarteira, Quelfes, São Luís, São Pedro e Sé de Faro, Silves, Vila do Bispo e Tavira, aderentes à iniciativa. Carlos Oliveira referiu-se ao gesto simbólico de entrega da chama associando-o à celebração da Imaculada Conceição de Nossa Senhora. O presidente da Caritas do Algarve considerou que “celebrar a Imaculada Conceição é celebrar a vinda da verdadeira «luz» que «ilumina» o mundo: Jesus Cristo, essa «luz» que é a verdadeira paz, justiça e solidariedade para todos os povos”. “Neste gesto da entrega da Luz da Paz vinda de Fátima, queremos que ela simbolize uma preocupação constante de cada comunidade paroquial desta nossa diocese para com os pobres entre os mais pobres. Ir ao encontro de tantos irmãos nossos através de um gesto simples como seja a aquisição de uma vela é mostrar o rosto materno da Igreja para com o ser humano extraviado na sua solidão e nas suas dificuldades, principalmente aqueles que vivem a situação de desemprego motivada pela crise que se vive”, afirmou Carlos Oliveira. Também o Bispo do Algarve referiu-se à iniciativa ’10 Milhões de Estrelas’ como uma “partilha solidária que tem esse condão de iluminar a vida escura de tantos dos nossos irmãos marcada por tantas dificuldades particularmente ligadas ao desemprego”. A acção este ano visa ajudar no combate à crise. Assim, foi decidido a criação de um Fundo de Apoio aos Novos Desempregados, quer a nível nacional, quer a nível diocesano do Algarve. Deste modo, e a título excepcional, das verbas recolhidas no Algarve com a venda das velas e fotoforos (respectivamente com um valor de 1 e 2,50 euros), habitualmente destinadas as uma causa internacional, 35% serão especialmente canalizadas para o Fundo de Apoio nacional e os restantes 65% serão destinados ao Fundo de Apoio diocesano algarvio. As acções que se realizam a nível do Algarve serão, este ano, acolhidas pelas paróquias de Tavira no dia 19 de Dezembro, mas a Caritas Diocesana apela ainda a que outras paróquias algarvias desenvolvam iniciativas semelhantes no âmbito da acção pela Paz. Em Tavira, o programa tem início às 10h no Jardim do Coreto com a realização de actividades com crianças, como pinturas, desenhos e outras expressões plásticas, sendo feita ainda a venda das velas e fotoforos. Às 20.30h tem início, junto à Câmara Municipal, a concentração para a Marcha da Paz que seguirá até à igreja do Carmo, com a propagação da ‘Luz da Paz’ e a participação no Concerto de Natal organizado pela Câmara de Tavira. Na sessão cultura prevê-se ainda a intervenção do Bispo do Algarve, do presidente da Caritas Diocesana do Algarve e do presidente da autarquia anfitriã sobre o tema da Paz. No dia 24 de Dezembro, as famílias são convidadas a acenderem à janela, durante a consoada, as velas adquiridas no âmbito da campanha. Mais fotos na Galeria de Imagens

Verifique também

Bispo do Algarve desafiou cristãos a crescerem na “consciência social de atenção” aos pobres

No último domingo, em que a Igreja assinalou o III Dia Mundial dos Pobres, o …