Inicio / Sociedade / Presidente da República atribuiu a Medalha de Grau Oficial da Ordem do Mérito a casal algarvio

Presidente da República atribuiu a Medalha de Grau Oficial da Ordem do Mérito a casal algarvio

Foto © Presidência da República
Foto © Presidência da República

O Presidente da República homenageou esta manhã o casal algarvio Albino e Cláudia Martins em cerimónia realizada no Palácio de Belém, em Lisboa.

Foto © Presidência da República
Foto © Presidência da República

Aníbal Cavaco Silva condecorou o diácono Albino e a esposa Cláudia Martins com a Medalha de Grau Oficial da Ordem do Mérito no contexto do Dia Europeu da Solidariedade e Cooperação entre Gerações, que hoje se assinala. A condecoração atribuída ao casal algarvio destina-se a “galardoar atos ou serviços meritórios praticados no exercício de quaisquer funções, públicas ou privadas, que revelem abnegação em favor da coletividade”.

Foto © Presidência da República
Foto © Presidência da República

Com esta homenagem, realizada a um conjunto de personalidades e instituições da área da solidariedade social, incluindo Luís Villas-Boas, diretor do Refúgio Aboim Ascensão, o Chefe de Estado “quis distinguir pessoas e entidades cujo trabalho em prol dos mais frágeis da sociedade tem sido fundamental para a coesão social em Portugal”, explica a Presidência da República.

Foto © Presidência da República
Foto © Presidência da República

No seu discurso Cavaco Silva elogiou o trabalho das instituições sociais em favor dos “mais frágeis” da sociedade, em particular os “atingidos” pela atual crise económica.

“Devemos dar graças a Deus por termos a rede de Instituições de Solidariedade Social que temos em Portugal. A ação das vossas instituições e das outras instituições de solidariedade no nosso país foi decisiva para enfrentar as situações de pobreza e de exclusão social, incluindo as das crianças”, referiu.

Foto © Presidência da República
Foto © Presidência da República

Segundo o Presidente da República, foram a “dedicação” e o “altruísmo” das instituições do setor solidário que evitaram um maior “sofrimento” por causa da crise económica e financeira, elogiando a “ação decisiva” desta rede para dar “respostas de emergência” aos novos pobres.

A intervenção sublinhou que o Estado é incapaz de dar resposta a “todas as dificuldades”, pedindo “vigilância” às Instituições de Solidariedade Social, a quem reconheceu pelo seu “trabalho notável”.

“Muito, muito obrigado por aquilo que têm feito por Portugal”, concluiu.

Foto © Presidência da República
Foto © Presidência da República

O casal algarvio homenageado trabalha há 25 anos com as comunidades envelhecidas da Serra do Caldeirão, sendo responsáveis pelo Centro Paroquial de Cachopo, missão que inclui a colaboração na paróquia e que nos últimos quatro anos foi alargada também às paróquias de Martim Longo e Vaqueiros e respetivos centros paroquiais.

Foto © António Cotrim/Lusa
Foto © António Cotrim/Lusa

No domingo, o bispo do Algarve lembrou na eucaristia a que presidiu na paróquia de Cachopo, o envolvimento de todos os paroquianos neste reconhecimento público. “Se eles são condecorados é também porque encontraram em vós apoio, acolhimento, adesão às iniciativas e às propostas que eles vos fazem. Quero exprimir a minha gratidão por este serviço ao longo de 25 anos e desejar que continue e estou certo de que vai continuar com a mesma dedicação e generosidade como até aqui”, afirmou D. Manuel Quintas, acrescentando que estes reconhecimentos não são o objetivo de quem trabalha na Igreja. “Não são estas condecorações que nos motivam e mobilizam. É a pessoa de Cristo”, esclareceu o prelado.

Para além do diácono Albino e da esposa e de Luís Villas-Boas, agraciado como Comendador da Ordem do Mérito, foram ainda condecorados nos diferentes graus daquela Ordem o padre Lino Maia (Grande-Oficial), presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS); Alfredo Castanheira Pinto, provedor da Misericórdia de Macedo de Cavaleiros, António José Martins Lopes, provedor da Misericórdia da Golegã, e Manuel José Cardoso Matias, presidente da Cooperativa «Pelo Sonho é que Vamos» (Comendadores).

Distinguidas foram ainda, com o título de Membro Honorário da Ordem do Mérito, a Associação da Creche de Braga, a Associação Popular de Apoio à Criança de Vila Franca de Xira, o Centro de Assistência Social Lucinda Anino dos Santos, as Florinhas do Vouga, os Lares da Boa Vontade e a Obra Diocesana de Promoção Social.

com Presidência da República e Ecclesia

Verifique também

Festa de São Gonçalo de Lagos celebra-se no próximo fim de semana

Realiza-se no próximo domingo, 27 de outubro, a Festa de São Gonçalo de Lagos naquela …