Aniversario_90_anos_pe_honorato_antunes (3)A paróquia de Alvor homenageou no dia 31 do mês passado o seu pároco pelos 90 anos de idade que completou no dia 29 daquele mês.

O padre Manuel Honorato Antunes, da congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria (claretianos), é o sacerdote e o pároco de mais idade da Diocese do Algarve.

O aniversário foi assinalado com celebração da eucaristia na igreja matriz de Alvor, a qual marcou também o arranque das comemorações dos 500 anos daquela comunidade paroquial, seguindo-se um almoço no salão de festas da igreja da Penina que contou ainda com a presença do bispo do Algarve, D. Manuel Quintas. Na ocasião, a paróquia de Alvor demonstrou o reconhecimento por toda a obra feita e pelo serviço que o sacerdote prestou e continua a prestar, tendo marcado várias gerações de famílias daquela comunidade.

A efeméride foi ainda assinalada com a plantação de uma oliveira.

O padre Honorato Antunes nasceu a 29 de janeiro de 1926 na freguesia de Penalobo, concelho de Sabugal, Guarda. Entrou a 8 de outubro de 1940 no Seminário de Alpendorada (Marco de Canaveses). Estudou depois filosofia em Jerez de Los Caballeros, Badajoz, e recebeu a ordenação sacerdotal em Valls (Tarragona) a 28 de junho de 1953, completando este ano 63 anos de sacerdócio. Três meses depois, partiu para São Tomé e Príncipe como missionário. Entre 1954 e 1955 exerceu funções de superior e pároco de Nossa Senhora das Neves, e entre 1955 e 1956, pároco de Santana. No triénio de 1956 a 1959 foi superior e pároco de Nossa Senhora da Conceição, na Ilha do Príncipe. Voltou a São Tomé nessa altura para desempenhar funções de superior e pároco da Santíssima Trindade (1959-1965). Entre 1965 e 1974 viveu na casa da cidade capital e aí desenvolveu assumiu a paroquialidade de Nossa Senhora da Graça (Sé), tendo regressado em 1976 a Portugal.

O padre Manuel Honorato Antunes – que chegou a ser encarregado em abril de 1978 da paróquia de Odiáxere e foi de 13 de setembro de 1991 a 7 de outubro de 2001 também pároco “in solidum” (moderador) de Ferragudo juntamente com o padre Manuel Leitão Marques – é prior de Alvor desde 1976 e do vicariato do Sagrado Coração de Jesus da Pedra Mourinha, em Portimão, desde 2001. Foi responsável pela construção do Centro Paroquial de Alvor, junto à igreja local, pela igreja da Penina e pelo Centro Paroquial de Santo André, na Penina.

O município de Portimão, que também lhe atribuiu o título de cidadão benemérito, distinguiu o sacerdote em 2010, em cerimónia presidida pelo Presidente da República, com a Medalha de Serviço Distinto – Grau Ouro. O padre Manuel Honorato Antunes foi também condecorado pela Junta Regional do Algarve do Corpo Nacional de Escutas com a Cruz de São Jorge – 2ª Classe Prata pela “dedicação” àquele movimento.

no images were found