Quinta-feira 22 de Agosto de 2019
Inicio / Igreja / Sector da Pastoral Juvenil apelou à mudança de vida em tempo de Advento

Sector da Pastoral Juvenil apelou à mudança de vida em tempo de Advento

Sob condução do lema pastoral da Diocese do Algarve ‘Com Maria, permanecer em Cristo’, a proposta foi de realização de uma actividade em cada uma das quatro vigararias que convergisse para um santuário ou igreja mariana. Não tendo conseguido a vigararia de Portimão reunir condições para a realização da iniciativa, a actividade acabou por se realizar apenas nas vigararias de Loulé e de Tavira, sendo que a vigararia de Faro se associou a esta última. Assim, o tempo do Advento que marca o início de um ano litúrgico, teve lugar em Loulé para as paróquias constituintes da vigararia com o mesmo nome. Os cerca de 90 jovens participantes reuniram-se pelas 14.30h no Centro Paroquial de Loulé para iniciar o programa com um peddy-paper mariano participado pelos jovens divididos em grupos que seguiram pela cidade. Pelas 16.30h os jovens chegaram ao convento de Santo António para um tempo de reflexão dinamizado com uma dramatização e uma música, preparadas respectivamente pelas paróquias de Silves e Messines e Quarteira. Às 18.00h deu-se início à peregrinação rumo ao Santuário de Nossa Senhora da Piedade (Mãe Soberana), onde se realizou uma breve Vigília de Oração presidida pelo padre António de Freitas, assistente do Sector Diocesano da Pastoral Juvenil (SDPJ), marcada também por diversos momentos simbólicos. O sacerdote exortou os jovens, à imagem do exemplo de Nossa Senhora, a um compromisso de mudança de vida no início de um novo tempo litúrgico a isso propício. “Queria motivar-vos a fazer um pequeno propósito: que este tempo de advento seja tempo de compromisso e mudança no nosso coração”, disse, apontando o exemplo mariano. “Olhemos para Maria como exemplo, uma jovem como nós, que procurava saber o que o Senhor queria para Ela como nós procuramos perceber o que Deus quer de nós”, acrescentou. Aproveitando ainda o tema, o sacerdote interpelou os jovens para que se mantenham na Igreja, ajudem a transformá-la e se aproximem mais de Deus. “Gastar a nossa juventude com Deus e com os outros vale a pena, não é perder tempo, não é deixar de fazer aquilo que gostamos e que nos apetece. Optar por Deus é ganhar muito mais que tudo isso”, evidenciou o padre António de Freitas, lembrando que “desde Maria até hoje, tantos jovens têm optado por Deus, não se arrependendo e sendo exemplo para nós”. O sacerdote exortou os jovens oriundos das paróquias de Almancil, Boliqueime, Estoi, Ferreiras, Guia, Loulé, Messines, Quarteira e Silves a manifestarem a sua alegria na Igreja. “Gostavam de ter uma Igreja mais jovem? Então fiquem na Igreja! Gostavam de ter uma Igreja mais alegre? Então sorriam cada vez que vêm à Igreja! Querem uma Igreja dinâmica? Então ofereçam a vossa energia! A mudança começa por nós”, lembrou o sacerdote mais recentemente ordenado na Diocese do Algarve, garantindo aos jovens que “a Igreja espera e confia seu futuro a cada um” dos presentes. “Animem-se e não fujam do «barco» porque senão ele fica à «deriva» e ninguém virá ocupar o vosso lugar. Fiquem na Igreja, amem a Igreja de Jesus e a Deus”, pediu ainda o jovem sacerdote, advertindo que por vezes, sem se dar por isso, “somos maquinados e deixamo-nos levar por ideias, ideologias, pela moda…”. Em Tavira, a iniciativa teve início logo pelas 11h no Santuário da Senhora da Saúde, na zona da Asseca.

Verifique também

Peregrinação levou cerca de 400 avós ao Santuário da Mãe Soberana

Cerca de 400 avós peregrinaram na última sexta-feira à tarde, no Dia Mundial dos Avós, …