A actividade teve início com a chegada das várias equipas, vindas um pouco de todo o Algarve, às 8.00 horas de sábado, tendo, de imediato, começado a montar campo no terreno do Mercado do Algoz. Às 10 horas teve lugar a abertura oficial da actividade, orientada pelo secretário regional da III secção, chefe José João Cercas e pelo assistente de campo e assistente regional adjunto, diácono António de Freitas. Seguiu-se, então o Raide que duraria todo o dia de sábado, com um percurso de cerca de 15 quilómetros numa vasta área de campos e laranjais na zona da vila de Algoz. À noite, após o jantar, teve lugar um dos momentos mais marcantes da actividade: o Fogo de Conselho. Com a participação de todos os elementos em campo, começou com o acender da fogueira e a oração inicial e de bênção do fogo, tendo-se seguido a apresentação das várias peças preparadas pelas equipas de pioneiros. Foi um momento bem vivido, animado e festejado por todos os presentes. No domingo, após a oração da manhã realizada por sub-campos, os pioneiros realizaram o Jogo de Vila, onde teriam de percorrer vários postos situados no Algoz e seus arredores. Este foi um momento interessante tanto para os escutas, que ficaram a conhecer bem aquela localidade, como para a população residente que se interrogava sobre o que se estava a passar e se espantava e alegrava com a existência e presença de tantos escuteiros. Após a desmontagem de campo e almoço, todos os escuteiros presentes seguiram em cortejo para a igreja matriz do Algoz, onde celebraram a Eucaristia que fora presidida pelo assistente regional adjunto, padre José Manuel Pacheco, estando também presentes o pároco local, padre Manuel Condeço e o diácono António de Freitas. A Eucaristia foi um momento elevado e importante para todos, pois para além de todos terem tido participação activa na preparação da celebração, esta foi muito vivida e de uma forte expressão da fé, alegria e acção de graças. Após a Eucaristia, seguiu-se o momento de entrega dos prémios e o encerramento da actividade. Aqui interveio o secretário regional da III secção, manifestando a todos o seu “agrado e felicidade por este Dia do São João de Brito que correu muito bem com a boa participação de todos os pioneiros e com a ajuda dos dirigentes”, mostrando-se mesmo emocionado. No fim ainda proferiu umas breves palavras o chefe regional, Edgar Correia, que esteve presente no domingo, mostrando-se “maravilhado” pelo que viu, pela alegria que pôde apreciar e pelo modo como todos celebraram a sua fé. “O vosso saber estar neste lugar com o vosso silêncio e respeito na celebração, bem como o vosso comportamento no exterior, faz-me sentir feliz”, observou. Além da presença de pioneiros e do secretário regional da III secção, estiveram também presentes de um modo permanente na actividade, mais de 50 dirigentes, entre os quais a secretária regional para a Expansão e Administração, chefe Rosalinda Lourenço.