Sexta-feira 23 de Agosto de 2019
Inicio / Noticias / A HORA DOS JOVENS

A HORA DOS JOVENS

Páscoa, tempo de passagem, é também o momento escolhido para a «passagem de testemunho» na Direcção da «Folha do Domingo», o­nde o Diácono Joaquim Mendes Marques passa o testemunho de Director ao jovem Samuel Mendonça. Em quase noventa e dois anos de vida deste jornal, é a primeira vez que um leigo, plenamente leigo, assume a Direcção do semanário diocesano do Algarve. É certo que o anterior Director, quando iniciou as suas funções era ainda leigo, era porém um leigo prestes a deixar de o ser, pois tinha já marcada a data da sua ordenação diaconal. Agora é diferente! Trata-se, sem qualquer dúvida, de um dos cargos diocesanos de maior responsabilidade que até ao momento já foi confiado a um leigo e a um leigo que ainda por cima é um jovem, aliás responsável pelo Departamento Diocesano da Pastoral Juvenil, juntamente com a sua esposa Patrícia; um jovem formado na famosa «cantera de S. Pedro de Faro» e depois potenciado nas suas grandes qualidades e recursos nessa outra «Escola» que é o Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil, o­nde foi descoberto pela anterior coordenadora diocesana Irmã Beatriz Santos. A Diocese tem apostado na formação da juventude e os resultados estão à vista: Esta é a hora dos leigos e mais do que isso, é a hora dos jovens! Este é um sinal muito claro da dinâmica em curso na nossa Diocese. Com esta nomeação, o nosso Bispo mostrou claramente ser um homem de coragem. Soube apostar no laicado e na juventude e deu um sinal muito evidente aos restantes responsáveis diocesanos, nomeadamente aos Párocos, sobre as apostas, as estratégias e as prioridades pastorais: Preparar, acreditar, confiar, mandatar os nossos leigos em geral e os jovens em especial, para as tarefas da evangelização. Temos de ser criativos e imaginativos, saber correr riscos e apostar sem receios nas mudanças e na inovação. A qualidade do trabalho do Samuel Mendonça, enquanto jornalista ao serviço da “Folha do Domingo” nos últimos anos, constitui a melhor garantia da continuidade deste projecto jornalístico e que vamos passar a ter no futuro um semanário diocesano que cada vez nos informe mais, e melhor nos dê a conhecer a nossa realidade eclesial. Dirijo uma palavra de saudação e agradecimento público ao Director cessante, o meu querido amigo e irmão no ministério diaconal, Dr. Joaquim Mendes Marques. Pessoalmente, tenho uma razão particular para lhe agradecer: Foi ele que me convidou para escrever regularmente neste jornal. Ao princípio não quis aceitar. Ele insistiu, teimou, até que me convenceu. O Diácono Mendes Marques, foi um Director exemplar a todos os títulos. Como Diácono sinto-me honrado e até orgulhoso pelo seu desinteressado, qualificado e apaixonado serviço à Igreja. Há já algum tempo que, secundado pela «sua» Margarida, pedia para ser substítuido. Foi agora, foi na Páscoa, tempo de passagem, da «passagem de testemunho» também. Quanto ao novo Director, o Samuel sabe que conta com o apoio de todos os profissionais e colaboradores da Folha do Domingo. Juntos, sob a sua égide, vamos continuar a ajudar a viver, crescer e florescer, este meio de comunicação social de inspiração cristã, há noventa e dois anos plantada no coração dos algarvios.

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …