Deste modo, a autarquia deliberou em recente reunião de Câmara atribuir um subsídio no valor de 18 mil 430 euros, destinado ao pagamento, durante todo o ano, das despesas com ordenados e encargos sociais dos funcionários adstritos ao Museu de Arte Sacra, assim como as despesas relativas à electricidade e segurança do Museu.