Ambos convidaram todos a fixar o olhar em Cristo Ressuscitado, a rezar com a Sagrada Escritura e a viver uma experiência de comunhão e de procura, confiando plenamente em Deus. O prior de Taizé recordou com emoção que, há trinta anos, cheio de entusiasmo, o irmão Roger, fundador da Comunidade de Taizé, tinha lançado exactamente em Sevilha a iniciativa de peregrinar por toda a Terra, para fazer crescer nos jovens a confiança em Deus e nos outros. A iniciativa na cidade andaluza ficou ainda marcada pelo anúncio que o próximo encontro com estas características será realizado no Porto, de 13 a 16 de Fevereiro de 2010. No que respeita à peregrinação deste ano do Algarve a Taizé, perspectiva-se uma das maiores participações de sempre, à semelhança do que aconteceu aquando da Peregrinação Diocesana presidida pelo Bispo do Algarve que teve lugar no Verão de 2007 com a participação de 174 peregrinos. Ao invés das duas peregrinações que anualmente se realizam à comunidade ecuménica do Sul da França, este ano os participantes algarvios irão todos juntos, o que deixa antever uma presença algarvia igualmente numerosa em Taizé.