Foram 20 os animadores, oriundos de Aljezur (3), Almancil (2), Bensafrim (2), Estoi (1), Ferreiras (2), Fuseta (1), matriz de Portimão (5), Moncarapacho (1), São Pedro de Faro (2) e Tavira (1), que iniciaram esta formação orientada pelo casal Sérgio Fraga e Idália Almeida, membros da equipa salesiana do Porto. Durante o sábado e domingo, os responsáveis pelos grupos de jovens reflectiram sobre seis temas, desde ‘A Pastoral Juvenil’ até às ‘Capacidades de expressão’, passando pela ‘Espiritualidade e experiência de Deus’, ‘A maturidade do animador’, ‘A realidade social e cultural’ e as ‘Dinâmicas de grupo’. A formação, com carácter de iniciação, procurou dotar os animadores de ferramentas para o exercício da sua missão, complementando os conteúdos transmitidos com exemplos, metodologias e dinâmicas contidos no Projecto GPS. Ajudar perceber a Pastoral Juvenil, a espiritualidade e restantes tarefas de um animador, bem como as suas principais características e atitudes foi uma das finalidades do fim-de-semana. Reflectiu-se ainda sobre a complexidade social, os valores e o relativismo, a linguagem de hoje, a escola e a experiência religiosa dos jovens. Foram também abordadas as técnicas de dinâmicas de grupo, explicado o seu objectivo e definidas as suas regras. A propósito das capacidade de expressão falou-se sobre a comunicação no grupo, tendo em conta destinatários, conteúdos, métodos e objectivos, e também de desencontros na comunicação. Foram apresentados alguns princípios para que a comunicação produza melhores resultados e apontadas algumas boas práticas. No sábado à noite foi ainda realizado um ateliê sobre o tema do Convívio. Para além da vertente teórica inicial, a formação teve ainda uma forte componente prática e de partilha de experiências. O encontro formativo será concluído pelos mesmos participantes no próximo mês de Maio, nos dias 23 e 24, cujo ateliê de sábado à noite será sobre o tema da Oração.