O Curso, idealizado e orientado indirectamente por frei Ignacio Larrafiaga, frade capuchinho, autor de vasta obra de espiritualidade cristã, que, através de uma “pequena pedagogia”, instrumento específico das “Oficinas”, ensina a ler e a rezar com a Bíblia, e a aprender a captar a mensagem que a Palavra de Deus transmite, projectando cada participante para uma vivência cristã mais firme, teve a bênção do padre Carlos Matos que, à frente de uma extensa paróquia, polifacetada e com diversas sensibilidades, numa zona onde se ensinava às crianças que “Deus pica na língua” e está vulgarizado o provérbio “Quem muito reza desconfia de Deus”, tem providenciado para que os seus paroquianos vão ao encontro do espírito do Concílio Vaticano II, aprendendo as diversas formas de oração que integravam a chamada “Lectio Divina” dos tempos medievais e convidando-os a lançar-se abertamente na proclamada “Nova Evangelização”.