D. Basílio do Nascimento, que esteve em Portugal para fazer exames de rotina ao coração, fez questão de vir agradecer pessoalmente a contribuição da diocese algarvia. O Prelado timorense aproveitou ainda a ocasião para apelar à ajuda da Igreja algarvia no sentido de contribuir para o pagamento dos vencimentos dos professores de Timor-Leste. Refira-se a este respeito que a Igreja timorense paga os honorários a cerca de 50 por cento dos docentes em Timor. D. Basílio do Nascimento almoçou com D. Manuel Quintas, tendo oferecido ao Bispo do Algarve um produto textil típico de Timor e teve ainda oportunidade de visitar a Exposição de Arte Sacra da diocese de Beja patente no Paço Episcopal de Faro. Miguel Neto vai fazer experiência em Timor O jovem algarvio Miguel Neto, da paróquia de Quelfes, entendeu fazer uma experiência missionária de um ano em Timor-leste. A ideia surgiu “a partir do momento em que soube da necessidade de professores para as escolas católicas em Timor”, explica o próprio. “Há muito tempo que gostava de aceitar o desafio de uma experiência de missão e como tive alguns colegas timorenses em Évora que me informaram da necessidade de professores e eu sempre tive um especial gosto pelo ensino, pensei que, provavelmente, a minha colaboração, naquele contexto, seria necessária”, complementa. O jovem, que confessa partir “com uma grande abertura e vontade de crescer humanamente e interiormente”, esclarece igualmente porque tomou esta decisão. “Pensei que seria a altura certa, já que uma experiência deste género convém ser realizada enquanto somos jovens e nos conseguimos adaptar melhor às situações”, refere, mostrando-se convicto em relação à sua vocação ao sacerdócio. “É claro que esta experiência me vai ajudar a continuar a discernir sobre a minha vocação sacerdotal”, considera. A ida de Miguel Neto para Timor deverá acontecer depois de entregar a sua tese de licenciatura na Universidade Católica Portuguesa, em Setembro. O jovem algarvio aproveitou a vinda ao Algarve do Bispo de Baucau para, juntos, tratarem de alguns “pormenores”.