“Dirijo-vos o mesmo convite dos anjos aos pastores de Belém, perturbados com tudo o que de estranho, se passava à sua volta: não temais, porque vos anuncio uma grande alegria para todo o povo: nasceu-vos hoje na cidade de David, um Salvador, que é Cristo Senhor (Lc 2, 10-11)”, escreve D. Manuel Quintas, reconhecendo que “são, de facto, muitos os medos, com as origens mais diversas, que hoje nos assaltam, uns provocados pela imprevisibilidade de calamidades naturais, outros por limitações e excessos humanos; uns exteriores a nós próprios, outros que têm a sua origem no mais profundo de nós mesmos, muitos deles, consequência dos primeiros”. “Face a todas as formas de medo, geradoras de insegurança e instabilidade, irrompe, mais uma vez, nesta quadra festiva, este anúncio portador de alegria e de esperança para todos: nasceu-vos, hoje, um Salvador, que é Cristo Senhor!”, sublinha o Bispo diocesano, garantindo que é Jesus Cristo “a fonte desta alegria e desta esperança”. “Dessedentar-se nesta fonte significa acolher Cristo pela fé”, explica o Prelado. Lembrando a palavra de Bento XVI na recente encíclica ‘Spe Salvi’, D. Manuel Quintas lembra que “esperança equivale a fé”. “Quem tem esperança, vive diversamente; foi-lhe dada uma vida nova”, reescreve o Bispo do Algarve sublinhando que “a verdadeira e grande esperança do homem, que resiste apesar de todas as desilusões, só pode ser Deus – o Deus que nos amou, e ama ainda agora «até ao fim», «até à plena consumação»”. Por ocasião da celebração da solenidade do Natal do Senhor, D. Manuel Quintas presidirá no dia 24 de Dezembro, pelas 24 horas, à Missa do Galo no Carmelo do Patacão (Faro) e no dia de Natal, pelas 12 horas, presidirá à celebração Eucarística na Sé Catedral, em Faro. O download da Mensagem de Natal de D. Manuel Quintas pode ser feito na secção ‘documentos’ deste Portal.