Em Faro, as paróquias uniram-se na celebração desta solenidade que foi presidida pelo Bispo do Algarve, D. Manuel Quintas. Na igreja paroquial de São Luís, os grupos sucederam-se na adoração ao Santíssimo Sacramento a partir das 12 horas, decorrendo ao final da tarde, a partir dali, a procissão que terminou na igreja paroquial de São Pedro. Muitas centenas de pessoas, particularmente de crianças que realizaram naquele dia a sua Primeira Comunhão, acompanharam o cortejo litúrgico até à matriz de Faro com o Santíssimo Sacramento a ser transportado pelo Bispo do Algarve. Chegado ao Largo de São Pedro, que se encheu de pessoas, o Prelado classificou aquela iniciativa como uma “afirmação solene e pública de fé na Eucaristia”. D. Manuel Quintas lembrou que “a Eucaristia é o tesouro por excelência, a preciosa herança que o Senhor deixou aos seus discípulos e que a Igreja acolhe agradecida e transmite com amor, da qual faz memória quotidiana e seu alimento de vida eterna, adora-a e contempla, deixando moldar por ela a própria existência”. “Ainda que os sentidos apontem para o que vemos, tocamos e saboreamos, a fé assegura-nos que, no pão e vinho consagrados, está presente Jesus Cristo, de modo único, por ser substancial, e de modo pleno enquanto Deus e enquanto homem”, observou. Lembrando que “a Eucaristia é verdadeiramente e por excelência mistério da fé”, o Bispo diocesano explicou que “a fé de Igreja é essencialmente eucarística e alimenta-se de modo particular à mesa da Eucaristia”. “Graças à Eucaristia a Igreja renasce sempre de novo”, complementou, acrescentando que “quanto mais viva for a fé eucarística do povo de Deus, tanto mais profunda será a sua participação na vida eclesial, por meio da adesão convicta à missão que Cristo confiou aos seus discípulos”. Constatando que a celebração da solenidade caracteriza-se, desde há muitos séculos, por aquela procissão eucarística, o Bispo do Algarve ajudou a entender aquele gesto que caracterizou “cheio de significado”. “Ao transportar a Eucaristia pelas ruas das nossas cidades, vilas e aldeias queremos que Cristo entre no nosso coração e na nossa vida, que percorra os caminhos que percorremos, que entre nas nossas casas e locais de trabalho, que tome parte connosco, na transformação deste mundo. Queremos levar a Eucaristia para a nossa vida para que ela se torne com Cristo, Eucaristia permanente, conscientes de que a Eucaristia é verdadeiramente a fonte e o cume da vida cristã e de toda a vida da Igreja”, afirmou, apelando a uma vida de “permanente coerência eucarística”. A propósito referiu que “o culto agradável a Deus nunca é um acto meramente privado, sem consequências nas relações sociais”, antes “requer o testemunho público da própria fé”. “Cientes da sua grave responsabilidade social, os legisladores católicos devem sentir-se particularmente interpelados pela sua consciência, rectamente formada, a apresentar e a apoiar leis inspiradas nos valores impressos na natureza humana. Tudo isto tem uma ligação objectiva com a Eucaristia”, justificou. Citando o Papa, D. Manuel Quintas frisou que “a coerência eucarística que este sacramento reclama conduz ao anuncio de Cristo e ao testemunho de tudo o que a Eucaristia opera na vida” de cada fiel. “Não podemos reservar para nós o amor que celebramos neste sacramento”, observou para o Bispo diocesano, destacando que “uma Igreja autenticamente eucarística é uma Igreja missionária”. “Quanto mais vivo for o amor pela Eucaristia no coração do povo cristão, tanto mais clara lhe será a incumbência da missão”, considerou, constatando que “a Eucaristia impele todo o que acredita em Cristo a empenhar-se por um mundo mais justo e fraterno”. A terminar, o Bispo do Algarve pediu aos cristãos que se deixem moldar pela Eucaristia de modo a que toda a sua existência se torne eucarística, ou seja “fraterna, missionária, comunitária e ministerial”. Exortou ainda à “participação mais consciente e fiel na Eucaristia dominical”, à “participação mais frequente na adoração eucarística das paróquias”, à “visita habitual ao Santíssimo Sacramento”, ao “compromisso pessoal de transformação do mundo”. Mais fotos na Galeria de Imagens