Lembrando a participação algarvia no VI Simpósio do Clero de Portugal em Fátima, de 1 a 4 de Setembro, onde foram “convidados a renovar o dom de Deus” presente em cada um, apelou à oração dos fiéis algarvios pelo clero da diocese. “Precisamos da vossa oração”, afirmou D. Manuel Quintas, renovando o apelo a que os fiéis algarvios não esmoreçam na nossa oração pelos seus sacerdotes e pelo seu Bispo diocesano. “Temos a obrigação de rezar pelos párocos. É importante continuarmos a louvar o Senhor pelo dom dos novos sacerdotes que nos concedeu nestes últimos tempos e pelo dom dos nossos seminaristas em resposta de Deus à nossa oração. Continuemos a insistir junto do Senhor da messe que mande trabalhadores para a nossa messe”, voltou a exortar D. Manuel. Mas o Bispo do Algarve pediu também mais oração aos membros do clero. “Precisamos de ser mais santos. Precisamos de nos deixar seduzir por Cristo para que, quando olhais para nós – Bispos, padres, diáconos, e seminaristas – contempleis a pessoa de Cristo. Gostaríamos todos de dedicar mais tempo à oração. Quanto mais santos formos, mais Cristo passa através de nós. É importante que nós também, – a começar por mim –, rezemos mais. Às vezes, a nossa acção pastoral transforma-se mais numa agitação pastoral. Falta pararmos diante do sacrário. É preciso parar para deixar que Cristo haja em mim para eu depois poder agir na Igreja em seu nome. Só podemos anunciar Cristo se o acolhermos primeiro”, advertiu.