Carlos Oliveira, presidente da Cáritas algarvia, explica que a opção por esta vertente formativa, depois da formação já realizada ao nível da geriatria, se fica a dever ao facto de, depois de a instituição ter tido “conhecimento de necessidades na área da infância, ter concluído que seria importante dar-lhes resposta”. No final da formação, os formandos obterão uma certificação escolar equivalente ao 9º ano de escolaridade e uma certificação profissional de nível 2, saindo preparados para exercer a função de auxiliares de educação. A iniciativa destinada a desempregados à procura do primeiro emprego, com idade a partir dos 18 anos e escolaridade inferior ao 9º ano, terá a duração de 14 meses com um total de 1840 horas de formação com 120 horas de prática em contexto de trabalho. Os apoios dados correspondem a bolsas de formação, a subsídios de alimentação, de transporte e de acolhimento e seguro de acidentes pessoais. As inscrições estão abertas e prolongar-se-ão até finais de Outubro. Para se inscreverem, os interessados deverão dirigir-se pessoalmente à sede da Cáritas do Algarve, ou então fazer a sua inscrição por telefone através do número 289 829 920, por fax 289 820 737, ou por e-mail geral@caritasalgarve.pt