A iniciativa que teve lugar na Casa de Retiros de Nossa Senhora do Rosário, em São Lourenço do Palmeiral (Pêra), contou com a participação de 53 pessoas, oriundas das paróquias de Albufeira, Algoz, Bensafrim, Boliqueime, Cacela, Conceição de Faro, Estômbar, Fuseta, Lagos, Luz de Tavira, Matriz de Portimão, Messines, Mexilhoeira Grande, Odeáxere, Olhão, Parchal, Porches, Quelfes, Sagres, Santo Estêvão de Tavira, Sé de Faro, Silves e Vila Real de Santo António. Assim, na noite de início da formação básica para aqueles agentes da pastoral, a abertura do curso foi feita pelo cónego José Pedro Martins, assistente do SDCIA, apresentando de seguida o tema “A catequese na missão da Igreja”. No sábado, os primeiros temas do dia foram apresentados por Ângela Farinha, sobre o “Acolhimento” e a “Experiência Humana”. Rosalinda Lourenço apresentou o programa de Catequese da Infância e Adolescência e, depois do almoço, coube a Martha Chita a apresentação da temática “Ser catequista uma vocação”. Graciete Egídio abordou o tema da “Psicologia da Infância” e o diácono Rogério Egídio referiu-se ao tema “Palavra de Deus”. Já ao final da tarde, Martha Chita referiu-se ao modo “Como catequiza Jesus”. À noite, os participantes integraram a participação na abertura do Lausperene diocesano em Silves. No domingo, Graciete Egídio fez a apresentação do tema “Expressão de Fé” e introduziu o trabalho de grupos com vista à preparação de uma catequese conjuntamente com Rosalinda Lourenço que, após o plenário e o almoço, apresentou uma síntese do itinerário catequético. O segundo módulo desta formação está agendado de 16 a 18 de Novembro.