Diversas actividades lúdicas e didácticas ocuparam, durante a manhã, as quatro secções etárias escutistas que compreendem crianças, adolescentes e jovens, por escalões etários, a partir dos seis anos de idade: Lobitos, Exploradores/Moços, Pioneiros/Marinheiros e Caminheiros/Companheiros. Numa grande demonstração de juventude, espírito de amizade e alegria, os escuteiros desafiaram o dia chuvoso que se anunciava e concentraram-se em quatro pontos distintos: os Lobitos fixaram-se na zona do Pavilhão do Arade e ocuparam a manhã com jogos e uma visita ao porto de pesca de Portimão; os Exploradores/Moços efectuaram um grande “jogo de cidade” no Parchal; os Pioneiros/Marinheiros foram à descoberta da Mexilhoeira da Carregação; os Caminheiros/Companheiros rumaram às Fontes de Estômbar onde puderam conhecer as valências daquele parque municipal e efectuar uma acção de serviço na construção de ninhos para aves. Depois do almoço, os Caminheiros/Companheiros caminharam ao longo da margem do Arade até à Mexilhoeira da Carregação, onde se juntaram aos Pioneiros/Marinheiros, iniciando um desfile que “engrossou” com os Exploradores/Moços e os Lobitos, na Rotunda do Parchal, dirigindo-se todos para o Pavilhão do Arade para a “Hora da Saudade” e a Eucaristia, ali realizada. O ‘Jamboree da Saudade 2009’ foi, seguramente, a maior concentração escutista jamais realizada no Algarve. O anfiteatro do Pavilhão do Arade, onde se realizaram as cerimónias finais, foi pequeno para tantos escuteiros, o que obrigou os Lobitos a ocupar um espaço alternativo onde assistiram às cerimónias finais e à Eucaristia através de um sistema interno de ecrãs de televisão. Foi uma cerimónia imponente, com a actuação do grupo Laudate, e, depois, com as intervenções dos dirigentes regionais do CNE, AEP, FNA e MSC, e do presidente da Câmara Municipal de Lagoa, José Inácio Marques, que esteve presente juntamente com o vereador da Cultura, Joaquim Cabrita. Na altura, com a presença de Manuel Tomás e Jorge Caria, respectivamente da direcção nacional e do conselho fiscal da Fraternidade Nuno Álvares, os elementos do Núcleo de Lagoa, Paulo Paias e João Prata foram condecorados com a ‘Medalha da Solidariedade’. Por proposta da Junta Regional do Algarve do CNE, foram igualmente agraciados com a Cruz de São Jorge (prata) os dirigentes Ivone Martins e padre Elísio Dias, do Agrupamento 1052 de Quarteira, e o dirigente Luís Cabrita, do Agrupamento 413 de Ferragudo. Pela sua dedicação e apoio desinteressado ao CNE, nomeadamente ao Agrupamento 715 de Estômbar, foi atribuída a Medalha de Agradecimento a Maria Idália Afonso. Finalmente, o Assistente Regional do CNE – Algarve, padre Domingos Fernandes, igualmente assistente dos agrupamentos 715 de Estômbar, 1256 do Parchal e 1292 da Mexilhoeira da Carregação, foi condecorado com a Cruz de São Jorge (ouro). O ‘Jamboree da Saudade’ encerrou com a Eucaristia, presidida pelo bispo do Algarve, D. Manuel Neto Quintas, coadjuvado pelos padres Domingos Fernandes (assistente regional), José Joaquim Nunes (assistente dos agrupamentos 511 de Lagoa e 1331 de Carvoeiro), Elísio Dias (do 1052 de Quarteira) e Joaquim Soares (do 413 de Ferragudo), além do diácono António Freitas (assistente regional adjunto). Saliente-se que D. Manuel Quintas acompanhou as actividades ao longo de todo o dia. O Dia de Baden-Powell 2009 foi uma organização conjunta da Junta Regional do Algarve do CNE, da Junta Regional da AEP, do Núcleo de Lagoa da FNA e dos Agrupamentos 715 de Estômbar, 1256 do Parchal e 1292 da Mexilhoeira da Carregação, tendo contado com o apoio da Câmara Municipal de Lagoa, do Parque Municipal das Fontes de Estômbar e do Pavilhão do Arade. Brevemente mais fotos na Galeria de Imagens