De facto, foi precisamente a comemoração do 60º aniversário da visita da imagem, aquando igualmente da sua passagem pelo Algarve, que motivou o pedido prontamente aceite quer pelo Santuário de Fátima, quer pela diocese algarvia. A visita a Ayamonte irá então ocorrer de 13 a 15 deste mês, chegando a imagem de Nossa Senhora às 21 horas ao cais de Vila Real de Santo António, para ser transportada, tal como aconteceu há 60 anos, numa embarcação para a outra margem do rio Guadiana, sendo a celebração da entrega presidida pelo Bispo do Algarve, D. Manuel Quintas. Do programa, elaborado em comunhão com a paróquia de Silves, consta depois uma procissão na chegada a Ayamonte e, no sábado, dia 14 de Junho, a celebração de uma Eucaristia ao ar livre, no centro da cidade, presidida pelo Bispo de Huelva, com a participação do Coral de Ayamonte, seguida de nova procissão. No domingo de manhã haverá uma celebração eucarística com uma comunidade de doentes, passando a imagem pelo Lar de Terceira Idade local antes de ser devolvida à paróquia de Silves. Como preparação para a visita da imagem da Cova da Iria, os espanhóis organizaram um programa prévio de actividades que teve início com a inauguração de uma exposição de 70 fotografias evocativas da primeira visita da Virgem a Ayamonte. Também será realizado um tríduo que terá lugar na paróquia das Angustias nos dia 9, 10 e 11 deste mês. Para além disso, os fiéis espanhóis estarão também presentes na procissão de dia 12 de Junho em Silves, num gesto de comunhão com a paróquia algarvia e a comunidade de Silves retribuirá o gesto fazendo-se representar no fim-de-semana em Espanha com a presença do seu pároco e da sua equipa que preparou a visita da imagem peregrina. Os espanhóis têm participado nalgumas iniciativas promovidas pelas paróquias algarvias no âmbito da visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima. Recorde-se, a título de exemplo, a deslocação em Fevereiro de 4 autocarros de Espanha com fiéis até à paróquia de Alvor para participação num encontro com a imagem mariana. É previsível, por isso, que a passagem da imagem peregrina por Ayamonte seja muito participada.