O padre Abílio Almeida, pároco moderador, irá então ser coadjuvado pelos padres José Manuel Pacheco e José Pires, párocos “in solidum”, no trabalho pastoral paroquial, substituindo ao padre José Joaquim Campôa que nos últimos três anos exerceu as funções de pároco daquela comunidade. Na sua homilia o padre Firmino Ferro, vigário geral da diocese do Algarve, lembrou o espírito missionário que deve estar inerente à própria missão de um pároco, destacando a congregação dos sacerdotes empossados, a congregação do Santíssimo Redentor (redentoristas), como uma “congregação missionária por natureza”. Outra das características subjacente à vocação sacerdotal é a adoração pela Eucaristia, um aspecto também valorizado pela congregação dos redentoristas, cujo fundador “grande amante da Eucaristia, dinfundiu e fomentou as visitas ao Santíssimo Sacramento”. O padre Firmino Ferro lembrou também que “o sacerdote tem a missão de ensinar, fortificar e congregar a comunidade”, tendo apelado à sua “união e comunhão em torno do pároco”. Incentivou ainda a comunidade a “colocar ao serviço os seus dons carismas” e, por fim, dirigindo-se ao pároco cessante, agradeceu a sua “disponibilidade e o serviço”. Por fim, o padre José Joaquim Campôa deu graças a Deus por ter “crescido e vivido momentos de alegria” naquela comunidade e pediu perdão pelas suas “fraquezas humanas”, pela sua “falta de disponibilidade” e “por aquilo que podia ter feito e não fez”. A terminar, o padre Abílio Almeida, de 67 anos de idade, agradeceu o acolhimento da comunidade que bem conhece e referiu-se à alteração da frequência e horário da missa dominical. A paróquia volta assim a ter Eucaristia todos os domingos (ao invés de apenas de 15 em 15 dias, alternada com a celebração da Palavra, como vinha acontecendo) e o novo horário da celebração dominical volta a ser 11.30 horas. Pe. Ramiro Ferreira volta ao Algarve Depois de cerca de três anos ausente da diocese do Algarve, o padre Ramiro Ferreira, sacerdote da congregação do Santíssimo Redentor (redentorista), regressa agora para colaborar no trabalho pastoral, no Barlavento algarvio, confiado aos sacerdotes daquela congregação. A notícia da nomeação do padre Ramiro Ferreira para trabalhar no Algarve foi avançada pelo padre Abílio Almeida no final da celebração Eucaristica da sua tomada de posse como pároco da comunidade de Bensafrim. Responsável pelas paróquias de Barão de São João, Barão de São Miguel, Bensafrim, Budens, Luz de Lagos e Santa Maria de Lagos, a equipa dos sacerdotes redentoristas é composta actualmente pelo padre Abilio Almeida, o padre José Pires e o padre José Manuel Pacheco, este último também recentemente nomeado para assistente espiritual do CNE – Corpo Nacional de Escutas. Recorde-se que o padre Ramiro Ferreira se encontrava, há três anos atrás, com alguns problemas de saúde que o impediram de continuar na diocese algarvia, mas que actualmente estão superados.