A iniciativa que teve lugar no Centro Pastoral e Social da Diocese do Algarve, em Ferragudo, contou com a participação de 40 catequistas, na sua maioria jovens, oriundos das paróquias de Aljezur, Conceição, Estoi, Estômbar, Guia, Lagoa, Lagos, matriz de Portimão, Monchique, Olhão, Parchal, São Clemente, São Sebastião, São Pedro e Sé de Faro. A formação teve como objectivo “descobrir e fazer apreciar a vocação de catequista” e “proporcionar a preparação inicial necessária para exercer a missão de catequista” e foi realizada com base nos catecismos, incluindo a apresentação de temas e vários trabalhos de grupo. À FOLHA DO DOMINGO, a irmã Maria Arminda Faustino, responsável do SDCIA, explicou que “este primeiro fim-de-semana foi bastante intensivo”. “Seguimos o itinerário catequético, desde o acolhimento, passando pela experiência humana, Palavra e expressão de fé, tentando fazer essa experiência com o grupo de formandos”, complementou a religiosa, confessando que “a segunda fase do curso deverá ser um pouco mais prática”, incluindo até uma catequese com um grupo de crianças. A segunda metade do Curso de Iniciação para Catequistas irá realizar-se de 17 a 19 de deste mês.