No início da celebração eucarística a que presidiu o Bispo diocesano, o prior de Albufeira começou por lembrar que D. Manuel Quintas “vem para conhecer melhor o povo de Albufeira”. “São muitos aqueles, que não sendo de cá, aqui residem”, salientou o cónego Rosa Simão, referindo-se sobretudo à imensa comunidade estrangeira bastante representada naquela Eucaristia, ou não fosse Albufeira a “capital do Turismo”, como fez questão de frisar. “É uma terra com grande nome em todo o mundo”, justificou. O cónego Rosa Simão reconheceu ainda a importância desta visita. “O senhor veio dar-nos alento e força para continuarmos este trabalho pastoral que é tão belo e que nos seduz, mas que é exigente”, afirmou, pedindo aos paroquianos “que se abram e digam ao seu pastor toda a alegria que vai no seu coração”, bem como “os problemas que os preocupam”. A propósito da celebração litúrgica do Bom Pastor, D. Manuel Quintas começou por explicar que “o Bispo, em toda a diocese, e o pároco, em cada paróquia, são a referência desse Pastor que é Jesus”. “Hoje é o dia de rezarmos e agradecermos a Deus pelo dom dos pastores que Ele coloca à frente da nossa Igreja diocesana”, justificou. O Bispo do Algarve lembrou então que “uma visita pastoral pretende ser um tempo de dom e graça”. “Todas as visitas pastorais são sempre um tempo de graça e dom para mim porque uma semana inteira numa paróquia ajuda-me a conhecer melhor a comunidade. Quanto mais nos conhecemos, mais alegria sentimos por pertencer à mesma família que é a Igreja. A visita pastoral serve para juntos podermos crescer mais como Igreja diocesana”, justificou. Considerando que uma visita pastoral tem também o objectivo de estimulação mútua na fé, D. Manuel Quintas reconheceu precisar da oração dos paroquianos da comunidade visitada. Particularmente bem-disposto, o Bispo diocesano voltou a recorrer à imagem de Jesus como o Bom Pastor “que, se for preciso, põe aos ombros aquelas ovelhas que andam mais abatidas, fragilizadas, enfraquecidas por tantas dificuldades”, para deixar claro que essa é a imagem que gostaria que retivessem dele durante a presente visita pastoral. A terminar, desejou que os cristãos algarvios continuem a rezar para que “não faltem pastores, vocações de consagração e servidores da palavra de Deus”, particularmente na diocese algarvia e deu graças a Deus pela “dedicação, generosidade, espírito de sacrifício e entrega” de “todos aqueles que o Senhor chamou” a serem pastores na diocese do Algarve. Mais fotos da visita pastoral a Albufeira na Galeria de Imagens Programa da visita pastoral Esta segunda-feira de manhã, o Bispo do Algarve visita a Câmara de Albufeira e o Centro de Dia da AHSA – Associação Humanitária de Solidariedade de Albufeira. À tarde visita a Santa Casa da Misericórdia de Albufeira e preside à celebração da Eucaristia pelas 17 horas no Lar daquela instituição, seguindo-se uma visita ao Lar Gaivota. À noite, pelas 21.30 horas, encontra-se no Centro Pastoral de Nossa Senhora da Orada com os movimentos e obras da paróquia. Na terça-feira de manhã encontra-se com os alunos de EMRC – Educação Moral e Religiosa Católica da Escola Diamantina Negrão. À tarde visita a Junta de Freguesia de Albufeira e alguns doentes. Pelas 18h preside à celebração da Eucaristia na igreja matriz e à noite reúne-se com o Conselho Económico Paroquial, pelas 21 horas. Na quarta-feira visita as escolas do 1º ciclo pela manhã. Depois do almoço encontra-se com os alunos de EMRC da Escola Secundária e visita os doentes da Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração no Centro de Saúde de Albufeira. Às 18 horas, preside à celebração da Eucaristia na igreja matriz. Na quinta-feira visita pela manhã o Destacamento Territorial da GNR e BT de Albufeira e encontra-se com os alunos de EMRC da Escola EB 2.3 D. Martim Fernandes. À tarde é a vez dos alunos de EMRC da Escola EB 2.3 Prof. Francisco Cabrita, seguindo-se a Eucaristia na igreja matriz às 18 horas À noite, pelas 21.30 horas, o Bispo do Algarve encontra-se no Centro Paroquial com jovens e adultos em aprofundamento da fé. Na sexta-feira, o Prelado visita os Bombeiros Voluntários de Albufeira pela manhã, seguindo-se um encontro com os pescadores de Albufeira no Porto de abrigo. À tarde visita a Escola do 1º ciclo, encontra-se com representantes da Pastoral do Turismo e preside à Eucaristia na igreja matriz, pelas 18 horas. À noite encontra-se com os catequistas e pais das crianças da catequese dos Centros de Albufeira e Montechoro na igreja matriz. No sábado, D. Manuel Quintas têm um encontro com os Escutas do Agrupamento 714 de Albufeira na sua sede, com os crismandos e à tarde com as crianças da catequese na igreja matriz, seguido de Eucaristia No domingo, o dia de encerramento da Visita Pastoral, celebra administra o Sacramento do Crisma no decurso da Eucaristia a que presidirá pelas 11 horas na igreja matriz, seguindo-se um almoço partilhado aberto a todos e um convívio no Pavilhão Multiusos de Albufeira. Pelas 17 horas preside ainda à Eucaristia na capela da Sagrada Família e encontra-se com a comunidade local.