Acolhido na antiga catedral algarvia pela comunidade local reunida com o seu pároco, o padre Carlos de Aquino, que manifestou a alegria da paróquia ao iniciar uma semana encontro com o Pastor da diocese, D. Manuel Neto Quintas fez questão de agradecer a recepção que lhe foi proporcionada. O Bispo diocesano lembrou a origem e o sentido deste encontro com as paróquias da diocese entregue aos seus cuidados pastorais. O Prelado explicou que está implícita à missão do Bispo da diocese a visita regular às comunidades paroquiais. No final da recepção, antes da Eucaristia de abertura da visita pastoral, o padre Carlos de Aquino fez, em nome da comunidade paroquial, a oferta de uma réplica da cruz peitoral que D. Manuel Quintas recebera da diocese do Algarve no dia da sua ordenação episcopal naquela mesma Sé de Silves e que lhe fora furtada na última visita pastoral a Porches. O Bispo do Algarve iniciou no passado domingo a visita pastoral à paróquia de Nossa Senhora da Conceição de Silves que se prolongará até ao próximo dia 10 deste mês. Acolhido na antiga catedral algarvia pela comunidade local reunida com o seu pároco, o padre Carlos de Aquino, que manifestou a alegria da paróquia ao iniciar uma semana de encontro com o Pastor da diocese, D. Manuel Neto Quintas fez questão de agradecer a recepção que lhe foi proporcionada. O Bispo diocesano lembrou a origem e o sentido deste encontro com as paróquias da diocese entregue aos seus cuidados pastorais. O Prelado explicou que está implícita à missão do Bispo da diocese a visita regular às comunidades paroquiais. No final da recepção, antes da Eucaristia de abertura da visita pastoral, o padre Carlos de Aquino fez, em nome da comunidade paroquial, a oferta de uma réplica da cruz peitoral que D. Manuel Quintas recebera da diocese do Algarve no dia da sua ordenação episcopal naquela mesma Sé de Silves e que lhe fora furtada na última visita pastoral a Porches. No decurso da Celebração Eucarística que se seguiu, realizada no exíguo espaço do transepto e altar-mor, motivado pelo risco de queda do tecto de madeira do templo, o Bispo do Algarve lembrou aos paroquianos de Silves a utilidade do programa da visita pastoral entregue a todos. "Serve não só para saberdes onde anda o Bispo com o pároco, mas para rezardes. Cada dia, ao saberdes que nós estamos a visitar determinadas pessoas, a ter encontros com esta escola ou aquela instituição, deveis incluir a intenção desse acto da visita pastoral na vossa oração diária", apelou o Bispo diocesano, salientando que "não é apenas o Bispo ou o pároco que está ali, mas toda a comunidade está presente nos diferentes actos da visita pastoral". "Em cada acto está presente a pessoa de Cristo", explicou D. Manuel Quintas, salientando que "é Ele que é o nosso Pastor e realiza esta visita pastoral". "É a Ele que nós devemos acolher na nossa vida e na nossa casa", afirmou D. Manuel Quintas.