A sessão, que teve lugar no passado domingo, foi integrada no programa de inauguração da nova Pista de Atletismo de Faro, contando assim com a presença do Prelado timorense. Simultaneamente, por se assinalar o Dia Internacional da Criança, esteve patente uma exposição fotográfica de crianças timorenses e foi feito o lançamento de uma campanha de solidariedade, intitulada “Uma Criança Um Livro”, para as crianças timorenses. Promovida pela OPIS – Associação para a Cooperação e Desenvolvimento, a recolha dos manuais teve como objectivo a oferta aos orfanatos da missão dos salesianos de Laga-Quelicai, na diocese de Baucau, onde vivem cerca de 250 crianças com idades compreendidas entre os 5 e os 15 anos. Para isso, foi pedido a cada criança que participou nas actividades propostas pelo município de Faro que trouxesse um livro, novo ou usado, para entrega. A governadora civil do distrito de Faro na cerimónia de inauguração da Pista de Atletismo de Faro agradeceu a D. Ximenes Belo pelo seu exemplo e por aquilo que tem feito pela humanidade. “Revemo-nos naquilo que nos deu e nos dá diariamente”, afirmou Isilda Gomes. O Bispo Emérito de Díli agradeceu o apoio e solidariedade para com a nossa luta timorense pela independência. “Essa independência foi possível também com a vossa colaboração aqui na retaguarda”, reconheceu D. Ximenes Belo. Satisfeito com a iniciativa da OPIS, o Prelado testemunhou que “a reintrodução da língua portuguesa em Timor está a ser difícil porque no tempo de ocupação indonésia foi totalmente proibido, sendo muitas pessoas presas e violentadas por falarem português”. “Por isso a recolha de livros que vai da cidade de Faro, pode ser um contributo muito importante para que a língua de Camões e Pessoa seja lida, amada e cultivada pelos próprios timorenses”, salientou D. Ximenes Belo. A passagem do Bispo timorense pelo Algarve ficaria ainda marcada por ter presidido à celebração eucarística na Sé Catedral de Faro, ao final da manhã, realizando depois uma visita ao Seminário São José, em Faro. Da parte da tarde esteve ainda presente no primeiro aniversário da Casa de Protecção à Rapariga, em Faro. Na última segunda-feira participou, juntamente com o Bispo, sacerdotes e diáconos algarvios, no Dia Diocesano do Clero que teve lugar em Alte. Mais fotos na Galeria de Imagens