Segunda-feira 14 de Outubro de 2019
Inicio / Noticias / DE NOVO A CORRUPÇÃO

DE NOVO A CORRUPÇÃO

Com a corrupção, na realidade portuguesa, se tem preocupado e continua preocupando o Presidente da República que ainda há pouco tempo, nas comemorações do 5 de Outubro alertou para a necessidade de dar combate à corrupção tanto na administração pública como na administração local. Em consonância com as declarações do Presidente da República, o coronel Costa Brás que presidiu durante 10 anos à extinta Alta Autoridade contra a Corrupção diz que o «as preocupações do Prof. Cavaco Silva, em matéria de corrupção, são lamentavelmente justificadas e ajustáveis à realidade portuguesa». E continua este oficial na reserva a afirmar que neste campo da corrupção “não foi feito o esperável e exigível”. De facto, segundo Costa Brás, mantêm-se os mesmos entraves a um combate eficaz do problema que mina a credibilidade do Estado. É do conhecimento geral que há deputados vivamente empenhados no combate à corrupção em todas as frentes e nos vários sectores da administração pública, muito embora a grande maioria se mantenha alheia e completamente a leste no que se refere a este combate. É pena que o Parlamento no seu todo não cumpra este dever verdadeiramente importante que tem lesado e continua lesando o bem comum… Com tristeza, verificamos como os nossos «Pais da Pátria» se demitem do seu papel de legisladores e fiscalizadores no que diz respeito a problema tão fulcral e de consequências tão perniciosas para o país no seu todo… Oxalá que o Procurador – Geral da República, que tomou posse há pouco tempo, consiga empenhar, de verdade, o Ministério Público no combate a esta terrível pecha que ensombra as várias instituições públicas e que tem um nome: corrupção.

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …