Inicio / Noticias / DIA DA TERRA

DIA DA TERRA

São tantos os atropelos às regras mais elementares da conservação da natureza, da preservação do ambiente atmosférico que, por este andar, estamos a contribuir para uma mais rápida precipitação de determinados fenómenos que poderão gerar a ruína total. Dizem os estudiosos e especialistas nestas matérias que, por exemplo, o degelo dos pólos que está a aumentar de ano para ano, é uma das consequências dos buracos da camada de Ozono que a poluição atmosférica provoca. Os tratados internacionais não são respeitados e alguns países desenvolvidos, ricos e poderosos continuam a emitir para a atmosfera quantidades astronómicas de gases e outros resíduos e partículas altamente prejudiciais que vão provocando todas essas modificações climáticas a que estamos assistindo e sofrendo já alguns perniciosos e catastróficos efeitos… E apesar de tudo isto as fontes de poluição continuam a crescer por todos os continentes, acarretando problemas sobre problemas mas cuja solução é cada vez mais difícil de alcançar.Por outro lado, sabemos que existem disposições legais quer a nível de países, quer a nível mundial, que vão no sentido de proteger todos os sectores essenciais à nossa sobrevivência. Mas, no fim de contas, que interessa haver legislação se na prática é como se não existisse? Estamos em crer que só quando as catástrofes desabarem umas atrás das outras e atingirem aqueles países desenvolvidos, ricos e poderosos, só então é que as coisas tomarão o rumo mais adequado o que, oxalá não seja já tarde…

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …