Tendo formado novos grupos com elementos de paróquias variadas, com o mapa do percurso e as indicações na mão os acólitos lá partiram à descoberta. De regresso à recém-restaurada igreja franciscana foi-lhes apresentada uma projecção de um encontro diocesano de acólitos de há 16 anos atrás. Seguiu-se então uma reunião com os responsáveis de cada associação, da qual surgiu a constatação da necessidade de formação dos acólitos e a consequente proposta de publicação de uma versão actualizada do subsídio editado há já alguns, intitulado ‘Formar para Servir’. Assim sendo, ‘Formar para Servir 2’ poderá em breve ser uma realidade para ajudar a formação daqueles agentes litúrgicos. Foi ainda lançado um concurso entre todas as associações com vista à criação de um logótipo para o Centro Diocesano de Acólitos (CDA), entidade que organizou a jornada e a quem cabe a coordenação do trabalho com os grupos paroquiais. Por fim, o ponto alto do dia aconteceu com a celebração da Eucaristia que foi presidida pelo padre Carlos de Aquino, assistente do CDA. No próximo ano, o Dia Diocesano do Acólito volta a realizar-se na véspera do Domingo do Bom Pastor, mas desta vez na paróquia das Ferreiras.