A Pastoral da Saúde vem ganhando peso nos últimos anos na estrutura da Igreja e também a diocese algarvia sentiu a necessidade de organizar o trabalho neste sector que tem como objectivos, explícitos no Moto Próprio Dolentium Hominum publicado a 11 de Fevereiro de 1895, “conseguir uma obra de conjunto inteligente, programada, constante e generosa”; “realizar o anúncio mais claro e a defesa mais eficaz da fé, da cultura e do compromisso cristão na investigação científica e no exercício da profissão em saúde”; “favorecer e difundir uma melhor formação ético-religiosa dos profissionais de saúde cristãos”; “promover e intensificar as necessárias actividades de estudo no contexto de uma visão cristã do verdadeiro bem para o ser humano”; “sensibilizar para os verdadeiros problemas éticos em que os cristãos e a Igreja têm o dever de intervir com valentia e clarividência” e “coordenar todas as instituições católicas, religiosas ou leigas, destinadas à Pastoral junto dos doentes”. Este conjunto de objectivos foi sintetizado pelo padre Joel Teixeira na necessidade do anúncio da Boa Nova de Jesus Cristo. O sacerdote referiu-se ainda à finalidade de “ajudar todos aqueles que trabalham diariamente neste contexto da saúde” nos hospitais e nas paróquias. “Vamos procurar esclarecer como é que a Igreja vê os problemas que estão intimamente ligados ao mundo da saúde”, adiantou, ressalvando a “íntima articulação” com as restantes áreas da Pastoral Sócio-caritativa. Lembrando uma frase de São Camilo considerou que “é preciso mais coração nas mãos” daqueles que lidam com os doentes. Entre as actividades já agendadas pela equipa diocesana contam-se, para além da exposição que esteve presente na Assembleia Diocesana, a presença nas Jornadas de Pastoral Litúrgica, a 12 de Janeiro de 2008, a animação do Dia Mundial do Doente, a 11 de Fevereiro de 2008 e uma formação para ministros extraordinários da comunhão em Maio do próximo ano. Exposição “Entre o Sofrimento e a Esperança” Patente na Assembleia Diocesana esteve uma exposição da Pastoral da Saúde, promovida conjuntamente pela Comissão Nacional da Pastoral da Saúde e pela Sociedade Bíblica, intitulada “Entre o Sofrimento e a Esperança”. A mostra, composta por 3 módulos de vários painéis, pretende demonstrar às pessoas que frequentam as unidades hospitalares que o sofrimento não é algo que Deus quer e que o mesmo só pode ser entendido à luz da esperança. A exposição vai estar durante este mês no Hospital Distrital de Faro.