Ficando ao Conselho Pastoral da Diocese do Algarve, através da sua Comissão Permanente, cometida a elaboração destes subsídios, a diocese algarvia explica que se organizaram ambos os cadernos, “com a finalidade de auxiliar os grupos ou pequenas comunidades já existentes e outros que, entretanto, se formem, a atingir o objectivo específico proposto: fomentar o encontro e o relacionamento inter-pessoal numa (re)descoberta da fé, a partir de catequeses bíblicas e momentos celebrativos”. Desta forma, as catequeses marianas de inspiração cristocêntrica desenvolvem o lema de todo o Programa Diocesano de Pastoral até 2012 – Fazei o que Ele vos disser – procurando levar os fiéis cristãos a prepararem-se para o encontro com Jesus Cristo que pressupõe a expressão “Peregrinar com Maria”, eleita para constituir a primeira parte do tema destes dois próximos anos pastorais. De acordo ainda com o Programa de Pastoral para o sexénio que decorre, a diocese do Algarve entendeu privilegiar as áreas da Família, das Vocações e da Caridade, com iniciativas resultantes da análise da realidade em curso, prevendo algumas catequeses sobre estas dimensões eclesiais, a organizar pelas paróquias no tempo e circunstâncias que as mesmas acharem mais oportuno. Deste modo, a Igreja algarvia explica que “a exequibilidade de toda esta preparação exige a criação, a nível de paróquia, de pequenos grupos ou comunidades, com o seu animador, para aí se poder exercitar o encontro e o relacionamento interpessoal e possibilitar a caminhada catequética referenciada”. “Sem estes grupos, nascidos do anúncio evangelizador do antes ou do pós-visita, não se atinge, de facto, o objectivo subjacente a todo este peregrinar mariano”, alerta a diocese do Algarve, advertindo para a importância de, primeiro que tudo, “descobrir bons animadores”. “Catequistas experientes, moderadores de celebrações da Palavra, professores de Educação Moral e Religiosa Católica, leigos envolvidos na preparação para o Baptismo e para o Matrimónio” são alguns exemplos apontados para que se organize ou reorganize “uma rede de pequenos grupos (até 12 participantes) por toda a paróquia, prevendo-se o local adequado, a periodicidade e o calendário”. Segundo a Igreja algarvia, “impõe–se, naturalmente, o conhecimento das catequeses e da metodologia que lhes está subjacente, o que vai, necessariamente, implicar a intervenção e acompanhamento dos párocos, coadjuvados por algum diácono, religiosa ou leigo mais preparado”. O volume sobre as Catequeses Marianas apresenta 17 catequeses marianas e nove sobre a Família, Vocações e Caridade, incluindo ainda três catequeses celebrativas, a acontecer num lugar de culto, e outras três no próprio lugar onde se realizam os encontros, havendo normalmente correspondência com os tempos litúrgicos. As 17 primeiras catequeses são estruturadas com uma oração inicial, seguindo-se a proclamação da Palavra de Deus, uma reflexão sobre a mesma, um quarto momento para diálogo e compromisso e são concluídas com uma oração. Por sua vez, o volume sobre as Catequeses Bíblicas apresenta 20 catequeses bíblicas. Quanto à distribuição, sugere-se ainda que “quem recebe a imagem de Nossa Senhora na primeira parte do biénio use as catequeses marianas, e, depois da visita, as bíblicas”. “Quem recebe a imagem na segunda parte do biénio pode iniciar com as catequeses bíblicas e passar para as marianas nas proximidades da visita, continuando depois, se for o caso, com as Bíblicas”, acrescenta-se. Quanto às catequeses temáticas, apesar de ser deixado à consideração de cada paróquia para realização, de acordo com a melhor oportunidade prevista em calendário, aconselha-se “que as Semanas do Seminário e das Vocações contemplem catequeses vocacionais”, “que pelo terceiro domingo da Quaresma, pelo Corpo de Deus se façam catequeses sobre a caridade”, e “que na Festa da Sagrada Família, no Dia Paroquial da Família ou noutro que a própria liturgia favoreça, se façam as catequeses sobre a Família”. Calendário da visita da Imagem Peregrina Ano Pastoral 2007-2008 Outubro 13 – Início da visita à diocese do Algarve. Acolhimento em Faro 14 – Paróquias do concelho de Aljezur Novembro 10 – Paróquia de Sagres 17 – Paróquia de Vila do Bispo 24 – Paróquia da Raposeira Dezembro 01 – Paróquia de Budens 08 – Paróquia da Luz de Lagos 22 – Paróquia do Barão de S. João 29 – Paróquia do Barão de S. Miguel Janeiro 05 – Paróquia de Bensafrim 12 – Paróquia de Odiáxere 19 – Paróquia de S. Sebastião de Lagos 26 – Paróquia de Santa Maria de Lagos Fevereiro 02 – Paróquia da Mexilhoeira Grande 16 – Paróquia de Alvor Março 01 – Paróquia de Ferragudo 02 – Vicariato do Parchal 15 – Paróquia de Estombar e Mexilhoeira da Carregação 29 – Paróquia de Lagoa Abril 12 – Paróquia de S. Bartolomeu de Messines 26 – Paróquia de S. Marcos da Serra. Maio 03 – Paróquia de Alferce 10 – Paróquia de Monchique 24 – Paróquia de Marmelete 31 – Paróquia de Silves Junho 28 – Vicariato da Pedra Mourinha Julho 05 – Paróquia de Nª.Sª. do Amparo 19 – Paróquia da Matriz de Portimão Agosto 02 – Paróquia de Porches 09 – Paróquia de Armação de Pêra 16 – Paróquia de Pêra 23 – Paróquia de Alcantarilha 30 – Paróquia da Guia Ano Pastoral 2008-2009 (sujeito ainda a alterações) Setembro 06 – Paróquia de Algoz 13 – Paróquia de Guia 20 – Paróquia de Paderne 27 – Paróquia de Boliqueime Outubro 04 – Paróquia de Ferreiras 11 – Paróquia de Albufeira 25 – Paróquia de Salir Novembro 01 – Paróquia de Ameixial 08 – Paróquia de Querença 15 – Paróquia de Alte 22 – Paróquia de S. Brás de Alportel 29 – Paróquia de Santa Catarina da Fonte do Bispo Dezembro 06 – Paróquia de Santa Bárbara 13 – Paróquia de Estoi 20 – Paróquia de Almancil 27 – Paróquia de Quarteira Janeiro 10 – Paróquias de Loulé Fevereiro 07 – Paróquia de Luz de Tavira 14 – Paróquia de Santo Estêvão 21 – Paróquia de Santa Luzia 28 – Paróquia de Conceição de Tavira Março 07 – Paróquia de Cacela 14 – Paróquia de Monte Gordo 21 – Paróquia de Castro Marim 28 – Paróquia de Castro Marim (Altura) Abril 04 – Paróquia de Vila Real de S. António 11 – Paróquia de Odeleite 18 – Paróquia de Azinhal 25 – Paróquias de Alcoutim Junho 20 – Paróquias de Tavira 27 – Paróquia de Moncarapacho Julho 04 – Paróquia de Fuseta 11 – Paróquia de Quelfes 18 – Paróquia de Pechão 25 – Paróquia de Olhão Agosto 08 – Paróquia de Conceição de Faro 15 – Paróquia de Montenegro 22 – Paróquia de S. Luís-Faro 29 – Paróquia de S. Pedro-Faro Setembro 12 – Paróquia da Sé-Faro