Terça-feira 15 de Outubro de 2019
Inicio / Noticias / «Este Papa é a grande presença de Deus entre os homens» – afirmou D. Manuel Quintas no 26º aniversário do pontificado da João Paulo II

«Este Papa é a grande presença de Deus entre os homens» – afirmou D. Manuel Quintas no 26º aniversário do pontificado da João Paulo II

À homília o Bispo do Algarve, depois de referir o sentido próprio desta Celebração, apontou o sentido de «descobrir os sinais de Deus na nossa própria vida» e focando a figura de João Paulo II definiu-o como «Este Papa significa e é a grande presença de Deus entre os homens».Evidenciou-o como um novo estilo de Pontificado e de governo da Igreja, focando a figura do «Papa Itinerante, Catequista e do Missionário», atitudes bem expressas na Encíclica «Redemptoris Missium», de que destacou: «Pus-me a caminho pelas estradas do Mundo para ensinar o Evangelho, confirmando os irmãos na Fé…».Dom Manuel salientou a produção de encíclicas, textos teológicos, cartas, mensagens e pastorais com que João Paulo II tem feito a sua doutrina constante, entre as quais a última encíclica «Ficai connosco», na repetição da prece dos Discípulos de Emaús e a sua permanente atenção às necessidades dos homens.Focou o que tem sido, ao longo de mais de um quarto de século, a sua intervenção decisiva no Mundo Moderno, de modo próprio na queda do Muro de Berlim («que era a vergonha de toda a Humanidade»), na construção de uma sociedade mais moderna e mais justa o­nde todos se sintam bem, nos seus diálogos com os governantes de todo o Mundo procurando resolver os constantes e graves problemas.«João Paulo II foi nestes 26 anos de Pontificado um verdadeiro dom para a Igreja», disse o Bispo do Algarve e «a sua fragilidade física esconde um sentido de Igreja o­nde vai buscar a criatividade e o exemplo de coragem, de um testemunho de Fé e de vigor intelectual para conduzir a Igreja na fidelidade a Cristo Redentor», terminando por pedir: «Que João Paulo II continue a constituir um verdadeiro sinal de Cristo entre os homens».«Grandes são os desígnios do Senhor…» e nesta Concelebração Eucarística louvou-se o 50° aniversário natalício de D. Libânia Rijo, que com seu esposo, sr. António Rijo, desenvolvem dedicada e intensa acção pastoral, em vários Movimentos, de modo próprio nos CMP’s (Centros de Preparação para o Matrimónio). Significativa a interpretação, em flauta, pela filha deste casal empenhado de leigos, Marta Rijo, como numa oração de louvor e agradecimento ao Senhor Nosso Deus.

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …