Segunda-feira 14 de Outubro de 2019
Inicio / Noticias / HÁ 60 ANOS…

HÁ 60 ANOS…

Há quase 60 anos, ali na Igreja da Misericórdia, o­nde o querer, o sentido pedagógico e o zelo apostólico do sempre lembrado sacerdote e pedagogo que foi o saudoso Cónego José Augusto Vieira Falé, fazíamos a nossa promessa de escuteiro, como lobito da Alcateia de São Luís de Gonzaga do Grupo 157 Nuno Alvares Pereira. Junto à imagem do herói pátrio e do carmelita fervoroso vivemos, então, naquele saudoso 6 de Novembro de 1947, com que saudosismo o evocamos, as sempre carismáticas cerimónias da Velada de Armas e da Promessa, procurando com os desvios que o Senhor Pai como Pai que o é nos perdoará na Sua infinita misericórdia, ter como Código de Vida ao longo destas quase sete décadas de existência. Foi em 5 de Outubro de 1947 que, perante algumas vozes discordantes da própria Igreja Diocesana, temendo a «possível concorrência aos Movimentos da Acção Católica» que foi fundado oficialmente, com pompa e circunstância, o primeiro agrupamento do CNE no Algarve, ou seja 24 anos após o seu lançamento em Braga. A sede era então em instalações do edifício da Diocese, o­nde funcionou o Seminário e outras instituições, na Rua do Município e o­nde hoje está instalada a Directoria da Policia Judiciária, frente à Tipografia União / Folha do Domingo. Nesta hora em que recordamos os e as chefes, os guias e companheiros de aventura escutista, ocorre-nos que em 5 de Outubro próximo se assinala o 60° aniversário da fundação do CNE na nossa Região e que esta efeméride, por tudo aquilo que comporta, deve ser assinalada não apenas em Faro, mas em todo o Algarve. Uma lembrança que, em «Alerta», enviamos à dinâmica e actuante Junta Regional do Corpo Nacional de Escutas.

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …