Ao longo da semana, o ícone com a representação de Jesus com a mão sobre o ombro de um amigo, tem vindo a marcar presença, de dia e de noite, em várias instituições, como o Hospital Distrital de Faro, a Casa dos Rapazes, o Estabelecimento Prisional de Faro ou o Lar de Idosos do Montinho da Santa Casa da Misericórdia de Faro. Desta forma, a presença do ícone tem cumprido a sugestão do irmão Alois, aquando da entrega das cópias a cada país europeu representado no encontro de Zagreb. "Ao longo do próximo ano, este ícone ajudar-vos-á a realizar pequenas peregrinações de confiança em lugares onde os jovens se encontram, de uma cidade a outra, de uma paróquia a outra, num hospital ou numa casa para crianças abandonadas, em lugares onde há pessoas que sofrem. Por este simples meio, podeis transmitir a Boa Nova do Evangelho", afirmou na altura. A abrir a semana, a paróquia de São Pedro de Faro promoveu uma noite de oração, no passado sábado, segundo a espiritualidade da comunidade ecuménica de Taizé. Com uma assembleia composta de muitos participantes, vindos de algumas paróquias, que quase encheram a igreja matriz, a oração foi enriquecida com a interpretação de vários cânticos de Taizé pelo grupo ‘Cantando a Palavra’ daquela paróquia da cidade de Faro. Compostos de poemas curtos, os cânticos foram entoados de forma repetitiva, como acontece na comunidade do Sul da França, procurando dos presentes a participação no canto e a predisposição para a oração. "In Manus tuas Pater", "Ubi Caritas", "Jubilate Deo Aleluia", "Venite exultemos domino" ou "Tu és fonte de Vida" foram alguns dos cânticos meditativos interpretados, intercalados com momentos de silêncio e reflexão, ou com alguns gestos como o acender das velas ou o repousar a cabeça na cruz de Taizé, deitada em frente do altar. A noite foi ainda enriquecida com a intervenção dos "@titudo", um grupo evangélico convidado para aquela noite de oração, que interpretou o tema "No turning back/Não volto a trás". O pároco da paróquia anfitriã no final da oração dirigiu uma breve palavra aos presentes referindo-se àquela iniciativa como um "momento especial e diferente de todas as celebrações". "Certamente Deus fez muita coisa nos corações de cada um de nós neste noite", referiu o padre Manuel Rodrigues, desafiando os grupos de canto intervenientes na oração para outros encontros. Sábado, dia 31 de Março, o ícone da amizade marcará presença na Jornada Diocesana da Juventude, em Albufeira. Pelas 14 horas, a cópia do original realizado no Egipto no século IV, estará presente num dos seis ateliers, um espaço dedicado à oração, que será realizado no centro de Albufeira. Do Algarve, o ícone seguirá para a diocese de Lisboa. Ícone regressa ao Algarve para a preparação da Peregrinação Diocesana a Taizé O ícone da amizade regressa no próximo mês de Junho ao Algarve para participar nalguns encontros de preparação para a peregrinação que a diocese do Algarve irá promover de 27 de Julho a 7 de Agosto deste ano, sob a presidência do Bispo diocesano, D. Manuel Neto Quintas. Ao que a FOLHA DO DOMINGO apurou, o ícone, solicitado à Comunidade de Taizé por João Cabral, um dos membros da equipa promotora da iniciativa diocesana, estará de 1 a 15 de Junho na diocese algarvia para participar em encontros a realizar nas seis vigararias. Embora o programa ainda não esteja definido, o ícone deverá percorrer todas as vigararias, começando na de Tavira e terminando na de Lagos.