O terreno, adquirido para este fim há 7 anos, na altura por 20 mil contos, era de terra batida, sem qualquer pavimento, e irá agora ser alcatroado. A obra é da responsabilidade da Câmara de Portimão, que projecta ainda melhorar o acesso à igreja, substituindo o actual entroncamento, quase em frente da mesma, por uma rotunda. O pároco de Alvor garante que a actual obra era muito necessária em virtude de se deslocarem às celebrações eucarísticas entre 400 a 500 pessoas todos os domingos. “A falta de estacionamento gerava problemas na envolvente à igreja, até mesmo fora do terreno da paróquia”, assegura o padre Manuel Honorato Antunes.