O Bispo do Algarve assegurou ainda que exortou o pároco e a comunidade cristã local a esta disponibilidade e fê-lo pessoalmente, numa Eucaristia que celebrou naquela paróquia em Junho passado, quando administrou o Sacramento do Crisma a alguns membros da comunidade cristã. “Neste momento em que o casal se sente confrontado com um nova situação de ordem jurídica”, o Bispo da diocese do Algarve veio reforçar o seu apoio a este casal, “mais ainda do que antes”. “É evidente que é um apoio espiritual naquilo que o casal achar por bem solicitar ao pároco da Luz de Lagos”, clarificou, D. Manuel Quintas, lembrando que “é sobretudo nestes momentos que a Igreja é chamada, no seguimento das atitudes de Cristo, a exercer a sua missão e a prestar um serviço àqueles que a ela se dirigem e dela precisam”. O Bispo do Algarve considera ainda que “não nos compete julgar ou ajuizar, mas simplesmente apoiar naquilo que nos for solicitado”.