Segundo aquele órgão oficial da Igreja algarvia, a Diocese do Algarve “entendeu não poder continuar alheada” das redes sociais presentes na Internet como “verdadeiro fenómeno agregador de multidões, uma vez que a Igreja também deve marcar presença (como já começa a fazê-lo) nestes sítios virtuais a que todos os dias acorre um oceano de pessoas, por ser um meio privilegiado de evangelização e de anúncio da mensagem de Jesus Cristo”. A nota de imprensa enviada às redacções dos órgãos de comunicação social lembra que “os especialistas confirmam o que todos nós constatamos: que as redes sociais são um fenómeno emergente que atrai milhões, muitos milhões de utilizadores na Europa e em todo o mundo”. “No total, a taxa de penetração das redes sociais na Europa é de 74,6% ou 282 milhões de pessoas maiores de 15 anos com computador em casa, tendo 211 milhões acedido, em Dezembro de 2008, a um site de relacionamento social. Portugal é mesmo o terceiro país europeu na utilização das redes de relacionamento social, na Internet, tendo à sua frente somente o Reino Unido e a vizinha Espanha”, refere o documento. Deste modo, “no âmbito da reestruturação que a Igreja algarvia está a levar a cabo no Secretariado Diocesano das Comunicações Sociais e que inclui o projecto de um amplo Serviço de Comunicação da Diocese do Algarve”, refere a nota de imprensa, “foi decidido desenvolver uma presença em algumas das principais redes sociais e espaços da Internet, como uma bandeira no meio de tantas outras propostas e solicitações”. “O Twitter foi o primeiro espaço contemplado, por ser o que exige as mais simples condições de execução, tendo sido hoje ali implementada essa presença da Igreja algarvia através do canal twitter.com/diocesealgarve”, explica o GIDAlg, acrescentando que “a Diocese do Algarve, à medida que for conseguindo assegurar outras condições igualmente desejadas, deverá estender a sua presença na Internet através de ferramentas de partilha como o YouTube”. Para já, e através do Twitter, a diocese algarvia desafia todos os milhões de utilizadores a seguir, a partir de agora, o que anda a fazer a Igreja no Algarve. A acesso ao Twitter poder ser feito neste Portal no link criado na secção ‘Ligações’ (canto inferior esquerdo).