Largas dezenas de fiéis, esperavam ansiosamente, a imagem e foi entusiasticamente que a receberam quando esta chegou à igreja paroquial de Pechão. Depois dos agradecimentos, por parte do pároco, padre Jorge de Carvalho, seguiu-se a procissão pelas ruas da aldeia de Pechão. Nos dias seguintes, e relembrando o que Nossa Senhora pediu aos Pastorinhos, foi recitado o terço, em comunidade e sempre em ambiente de oração festiva, pois raros eram os presentes que ainda se recordavam da anterior passagem da imagem da Nossa Senhora pela paróquia. No final do terço, todos os presentes foram convidados a consagrar-se a Nossa Senhora. Na Eucaristia dominical de dia 19 foram consagradas a Nossa Senhora todas as famílias da paróquia. No sábado seguinte, dia 25, num misto de alegria (por poder dar graças a Nossa Senhora) e de tristeza (por a ver partir), foi feita a entrega da imagem à paróquia de Quelfes. Muitos foram os paroquianos que seguiram nos seus veículos até à Ponte Velha de Quelfes para aí se despedirem de Nossa Senhora de Fátima.