Por volta das 17.30h, a imagem mariana chegava à rua Poeta António Aleixo sendo recebida por algumas centenas de pessoas, paroquianos do Montenegro, que aguardavam a sua chegada conjuntamente com o pároco, o padre António da Rocha. Após um primeiro momento de recepção, antecedido por uma significativa salva de palmas, a imagem seguiu em procissão, tendo o cortejo, participado também pelo Grupo Motard ‘Ride Away’ do Montenegro, pelo Rancho Folclórico ‘Os Amigos do Montenegro’ e pelo Clube de Caça e Pesca Montenegrense, rumado em direcção ao chafariz e depois até à igreja paroquial. Ali foi realizada então a celebração de acolhimento presidida pelo padre António da Rocha. Logo à chegada, o pároco manifestou a vontade de os cristãos do Montenegro aprenderem com Maria a acolher e a cumprir o que Jesus diz na sua Palavra. “A nossa peregrinação é um ir ao encontro do Senhor. Esta peregrinação vai ter um tempo forte ao longo da semana. Faço votos e apelo a que todos abramos o nosso coração aos apelos que Ela nos vai dirigir”, apelou o prior, acrescentando: “a finalidade da imagem peregrina entre nós não é louvá-l’A, nem honrá-l’A, é aprendermos d’Ela a fazer tudo o quanto Jesus nos disser”. “Que sejamos dignos da condição de cristãos”, pediu o padre António da Rocha, acrescentado que “cristão é aquele que é marcado pela Boa Nova, que é assinalado pela mensagem e que é apaixonado pelo projecto de salvação que Jesus nos trouxe”. “Quem nos ensinou isto foi Maria, a Mãe de Jesus”, lembrou. Já na igreja paroquial considerou que a semana de peregrinação da Virgem de Fátima pelo Montenegro deve “procurar que todas as situações de dificuldade, dor, tristeza, solidão e sofrimento, possam ser também ajudadas”. “E isso acontece quando, como em Caná da Galileia, somos fiéis ao apelo que Maria nos faz: cumprir sempre o que Jesus nos manda”, frisou, recordando que “Maria foi a primeira discípula de Cristo”, “a primeira ouvinte e mensageira Jesus”. A terminar, o sacerdote exortou a “escutar mais atentamente a Palavra de Deus”. “A imagem de Maria junto de nós é para aprendermos a escutar mais Jesus Cristo e a segui-l’O melhor. Importa que o nosso coração esteja disponível”, afirmou, apelando à renovação da fé por ocasião da visita da imagem de Fátima. No próximo sábado, 19 de Setembro, a imagem peregrina chegará à cidade de Faro [ver programa] para a derradeira etapa da sua peregrinação de dois anos no Algarve, desde Outubro de 2007, esperando-se uma recepção de alguns milhares de fiéis no Largo do Carmo. A imagem da Virgem de Fátima manter-se-á na Sé de Faro, e depois da despedida aos algarvios, seguirá para Fátima, onde será entregue, no dia 04 de Outubro, no âmbito de uma peregrinação diocesana que a Diocese do Algarve irá promover.