Após a saudação e um breve momento de oração, presidido pelo pároco de Santa Bárbara de Nexe, o padre Júlio Tropa Mendes, o cortejo de automóvel com a imagem de Nossa Senhora de Fátima seguiu em direcção à sede de freguesia, tendo feito uma paragem no sítio da Silveira, de onde se deu início à procissão até à igreja paroquial. Apesar do dia chuvoso, muitas pessoas se juntaram para acolher a imagem peregrina de Nossa Senhora que desceu, já noite, até ao centro da paróquia de Santa Bárbara de Nexe, trazida no andor que foi transportado em ombros, cumprindo o mesmo percurso que antigamente era percorrido pelas procissões em dias de festa. Chegada à igreja paroquial, a imagem da Cova da Iria foi acolhida no contexto de um momento de oração e de acção de graças a Deus pela sua visita em que o pároco dirigiu a Nossa Senhora algumas preces, tendo presente as crianças, os jovens, as famílias e os idosos da freguesia. Perante a assembleia de numerosos fiéis, o padre Júlio Tropa Mendes, exortou a que a presença da imagem peregrina constituísse um meio de chegar até Jesus. Ao longo da semana, houve momentos vários celebrativos participados também pelo padre Oleg Trushko, sacerdote que assiste a comunidade ucraniana católica de rito bizantino e que reside em Santa Bárbara de Nexe. Estes foram participados sobretudo por famílias, bebés e pais, idosos e doentes, crianças, jovens, estrangeiros e imigrantes, não só na sede da paróquia, mas também nas comunidades de Gorjões e Bordeira. Destaque para a procissão para o Lar – Centro de Bem Estar de Santa Bárbara de Nexe, no dia 8 de Dezembro, após a qual se realizou um tempo de oração com os idosos e doentes e para a oração realizada no dia seguinte, ainda no lar de idosos, com a participação das crianças da Escola EB 1 e do Jardim de Infância local, seguida de procissão para a igreja matriz. Mais fotos, na Galeria de Imagens