Inicio / Noticias / Jornadas sócio-caritativas reflectiram sobre como abordar a pobreza perante a crise

Jornadas sócio-caritativas reflectiram sobre como abordar a pobreza perante a crise

Quando vive o mundo uma das mais graves crises internacionais, que afecta os sectores financeiro, económico e social, este ano a iniciativa procurou encontrar respostas para fazer face às dificuldades impostas pela actual conjuntura, sobretudo no que respeita às classes mais martirizadas e vulneráveis da sociedade, onde estas situações de carência se agudizam e são particularmente vivenciadas. Sob a temática “Evangelizar a Pobreza”, as jornadas abordaram uma visão teológica sobre o assunto, apresentada pelo teólogo Juan Ambrosio; incluíram uma intervenção testemunhal da experiência do padre Valentim Gonçalves, pároco de uma freguesia do concelho de Loures com muitos caboverdianos em situação de pobreza e membro da Comissão Nacional Justiça e Paz; e permitiram perceber que as situações de carência social estão a aumentar também no Algarve. Unânimes foram os intervenientes em considerar que a pobreza material não é uma bem-aventurança, mas, pelo contrário, um mal que deve ser combatido por atentar contra a própria vontade e o plano de Deus. Neste sentido foi imensamente sublinhado que “a tarefa mais premente e urgente da Igreja é a de evangelizar”, como o referem as conclusões do encontro, publicadas neste Portal no espaço dedicado à iniciativa acessível a partir do banner no topo da página. Mais fotos, brevemente na Galeria de Imagens

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …