D. Serafim Silva, em nome da Pastoral Juvenil da Igreja Católica, saudou os participantes na Sala de Actos o­nde decorreram os trabalhos.O tema, ‘Peregrinos numa Europa plural’, foi desenvolvido em três apresentações criativas e uma conferência. Esta foi proferida pelo Irmão João de Taizé que aproveitou a oportunidade para promover o Encontro Europeu de Jovens a realizar em Lisboa, de 28 de Dezembro a 1 de Janeiro. Mostrou ainda um documentário em vídeo sobre a comunidade de Taizé e os diversos Encontros Europeus de ‘Peregrinação de Confiança na Terra’ já realizados em cidades como Paris, Praga, Munique, Budapeste, Paris, Barcelona, Hamburgo, Estugarda e Milão. Vinte e sete anos depois do primeiro, cabe a Lisboa acolher o de 2004.A primeira apresentação criativa foi da responsabilidade do departamento juvenil da Igreja presbiteriana sobre a Peregrinação. Os jovens da Igreja lusitana abordaram o tema da Europa e o movimento dos focolares (Igreja católica) falou da pluralidade, mostrando um vídeo sobre o encontro que, em Maio passado, reuniu 10 mil cristãos em Estugarda (Alemanha) para reflectir sobre o tema: ’Europa – descobrir as riquezas e compartilhá-las’. O trabalho dos 15 grupos apostou em duas pistas de reflexão: 1. De que forma os cristãos contribuem para a construção europeia e até que ponto a procura da reconciliação é um testemunho para a construção de uma Europa mais justa e fraterna? 2. Como é que nós, enquanto cristãos, podemos ajudar a que a Europa saiba acolher a pluralidade e ver nela uma fonte de riqueza?’A celebração final foi marcada pelo entrega do cajado do peregrino e pela ida até ao local o­nde os jovens puderam escrever à mão um versículo da Bíblia, sendo copistas de ‘A Bíblia Manuscrita’.Marcaram presença D. Manuel Pelino, Bispo de Santarém, a Dª Eunice Leite e o Pastor José Leite, da Igreja Presbiteriana e o Pastor Hugo, responsável pelo departamento juvenil da Aliança Evangélica Portuguesa. O Quarteto Vida Nova, da Igreja Metodista, animou o acolhimento e o tempo de recreio e cultura após o almoço partilhado.Os jovens foram enviados para eventos como o Encontro Europeu de Jovens, a Semana da Unidade dos Cristãos e o VII Fórum Ecuménico Jovem, o FEJ 2005.