Neste encontro participaram pelo CNE, além dos dirigentes do Algarve, o secretário nacional pedagógico, Pedro Silva, a secretária internacional adjunta, Margarida Lalanda, o chefe da equipa nacional do Programa Educativo, Pedro Ascenso, o secretário executivo internacional, João Teixeira, além de outros dirigentes das regiões dos Açores, Braga, Bragança, Madeira, Portalegre – Castelo Branco e Viana do Castelo. Representaram o MSC (Movimento Scout Católico) de Espanha o comissário internacional, Elias Py Rodriguez, o vice-presidente Gonzalo Pedroche Calleja, a responsável pela formação, Maria Antónia Juan Gamalie, o responsável da Andalucia, Enrique Esteban, e delegados das regiões de Leon, Canárias e Galicia. Outros mais deviam participar no encontro, mas ficaram pelo caminho devido ao forte nevão que se abateu pela região do Norte de Espanha. Neste encontro, cujas finalidades visaram o restabelecer das ligações entre o CNE e MSC, promover o intercâmbio de experiências e troca de informações e relançar projectos vividos em comum, houve um amplo debate relativamente ao papel do escutismo católico nos dois países. No final, ficou a oferta da região do Algarve acolher a próxima Cimeira Ibérica alargada entre o CNE e o MSC.