Esta cadeira elevatória é da maior prestabilidade para os utentes do sexo masculino, grande parte dos quais debilitados fisicamente, se deslocarem do primeiro andar, onde estão alojados, para o rés-do-chão e que se movimentam com o auxílio de andarilhos. Esta oferta custou cerca de 10 mil euros, obtidos através de múltiplas iniciativas do Lions Clube de Faro, bem como de contribuições e apoios, entre os quais da Câmara Municipal de Faro, cujo Presidente, José Apolinário, acompanhou os «lions farenses» neste seu valioso e significativo gesto solidário.