A «Luz da Paz» nasceu há cerca de 20 anos, na Aústria, por iniciativa de uma estação televisiva e está associada a Belém, lugar onde nasceu Jesus Cristo. Todos os anos, é eleita uma criança austríaca entre os 10 e os 12 anos que tenha feito algo de extraordinário. Essa criança vai a Belém, à Basílica da Natividade, buscar a chama da «Luz da Paz», trazendo-a para a Catedral de Viena de Aústria. Ali é exposta e, quem desejar, pode lá ir buscar a Luz para a sua casa. A inciativa estendeu-se, mais tarde, a outras nações e já conta com a participação de 25 países que, todos os anos, acorrem a Viena para trazer a Luz. Este ano, uma comitiva do Município de Albufeira, dirigida pelo seu presidente, Desidério Silva, numa tentativa de aproximação das relações com Viena de Áustria, também se associou à iniciativa. Numa deslocação àquela cidade, entre outros actos que fizeram parte do programa, trouxeram também para Albufeira a «Luz da Paz», exposta na Catedral de Santo Estêvão. Desde o dia 22 de Dezembro esteve presente nos Paços do Concelho, tendo sido posteriormente entregue à paróquia de Albufeira