Após um contacto inicial com a AMCP, foi já constituída a Comissão Instaladora do núcleo algarvio, composta por sete médicos associados, conforme requer aquela organização nacional. Uma primeira reunião, realizada no passado dia 8 de Abril, com a presença do presidente do núcleo de Lisboa, Diogo Cunha e Sá, para além do vigário-geral da Diocese do Algarve, padre Firmino Ferro, e do diácono Rogério Egídio, em representação do Secretariado Diocesano Pastoral da Saúde (SDPS), visou esclarecer os membros da comissão algarvia sobre os objectivos da AMCP, as suas actividades e funcionamento. No dia 16 de Abril, a Comissão Instaladora voltou a reunir, nas instalações da Capelania do Hospital de Faro, tendo ficado deliberado que irá ser dado a conhecer a todos os médicos da região a constituição do núcleo da AMCP. Posteriormente, irá ser realizada uma Assembleia Geral para eleger os corpos gerentes do núcleo algarvio que terá a sua sede num dos gabinetes dos Serviços Diocesanos da Pastoral, no Largo da Sé, em Faro. A AMCP, fundada em 1915, tem por finalidade “congregar os profissionais da medicina que se afirmam católicos e desejam exercer a sua profissão à luz dos princípios evangélicos”. Procura ainda a “definição e a difusão de princípios orientadores das actividades ligadas à saúde à luz da fé cristã”. Organizada regionalmente em núcleos correspondentes às dioceses portuguesas, a associação está já presente em Aveiro, Coimbra, Guarda, Lamego, Lisboa, Porto e Viseu e tem como actividades a organização de colóquios, palestras e seminários de estudo e de debate, incluindo a participação em iniciativas de organização alheia, nas quais se tratem temas com implicações morais e éticas como o planeamento familiar, a reprodução medicamente assistida, a educação sexual, o aborto, os transplantes de órgãos, os cuidados paliativos ou a eutanásia. A Comissão Instaladora do núcleo da Diocese do Algarve da AMCP, que tem como assistente o padre Joel Teixeira, do SDPS, é constituída pelos médicos Fernanda do Nascimento (pneumologia do Hospital de Faro), Arlindo Marques de Sousa (medicina interna da Unidade Cuidados Intensivos do Hospital de Faro), Maria José Pereira do Carmo (Centro de Saúde de Vila Real Santo António), Maria Salomé Brito Pereira (cardiologia do Hospital de Faro), José dos Santos Matos (ortopedia), Luísa Maria Luís Serrano (Saúde Pública – Centro de Saúde de Faro), Maria Helena Boavida (medicina geral e familiar do Centro de Saúde de Faro).