Segunda-feira 19 de Agosto de 2019
Inicio / Noticias / «O Novo Testamento é a lei do Amor, que nos faz mais próximos de Deus», afirmou o vigário geral da diocese do Algarve no 34º aniversário da sede da Misericórdia de Faro

«O Novo Testamento é a lei do Amor, que nos faz mais próximos de Deus», afirmou o vigário geral da diocese do Algarve no 34º aniversário da sede da Misericórdia de Faro

Iniciaram-se as mesmas com a Celebração da Eucaristia presidida pelo padre Firmino Ferro (vigário geral da diocese algarvia) que, à homilia, uma verdadeira catequese dominical, comentou e doutrinou sobre as leituras, destacando na primeira leitura «Livro do Êxodo» – o Decálogo» («O deus da Aliança é um Pai», com o simbolismo deste «Dia do Pai»; a Epístola de São Paulo aos Coríntios e o Texto Evangélico segundo São João («O Novo Testamento é a Lei do Amor, uma novidade que nos faz mais próximo de Deus, já que esta Lei do Amor nos faz servir os nossos irmãos, especialmente os mais pobres, os mais carentes, os mais necessitados, já que o meu próximo é aquele que precisa de mim», recordando as palavras de Jesus Cristo – «Amai-vos uns aos outros, como Eu vos amei…». Mais tarde, no decurso do almoço/convívio foi prestada homenagem a Francisco Patrício Guerreiro, utente do Lar-Sede da Misericórdia de Faro, nascido em 17 de Março de 1903, no reinado de El-Rei D. Carlos e que comemorou ora o seu 103º aniversário e a quem foi entregue uma «Medalha do Governo Civil de Faro». Usaram da palavra José Candeias Neto, dedicado Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Faro e João Leal, em representação do Governador Civil de Faro, António Pina. A festa prosseguiu tarde em fora com animação musical (actuação do Grupo Musical Trianima, do acordeonista e teclista Filipe Romão e do Grupo Coral Sénior da Instituição), do lançamento do n.º 2 do «ECOS» – boletim da Santa Casa da Misericórdia e de uma quermesse.

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …