Segunda-feira 11 de Novembro de 2019
Inicio / Noticias / Obra de Santa Zita assinala 50 anos no Algarve

Obra de Santa Zita assinala 50 anos no Algarve

Em 1933, monsenhor Alves Brás funda o Instituto Secular das Cooperadoras da Família, um instituto de vida consagrada cujo carisma e missão é o cuidado da santificação da família. Portanto, a OSZ é uma associação, uma IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social que tem por detrás um instituto de vida consagrada. Por isso, muitas das colaboradoras da OSZ são simultaneamente consagradas no instituto e associadas na obra para dinamizar as suas actividades. No entanto, para se ser associada da OSZ não é necessário ser-se consagrada. Sendo forçada a adaptar-se ao evoluir dos tempos, com a diminuição das empregadas domésticas, a OSZ tem procurado de modo, cada vez mais efectivo, a assistência à família. Hoje, as suas actividades são muito diversas, dependendo muito das necessidades locais, emboras exercidas em três áreas: infância, juventude e terceira idade. Também no Algarve, a OSZ a evolução levou à criação de uma das mais antigas creches da cidade de Faro, há cerca de 35 anos a trás, que conta hoje com 50 crianças com idades até aos 3 anos. “Procuramos trabalhar directamente com as famílias, fazendo passar os valores cristãos às que passam por aqui”, refere a cooperadora Helena Oliveira, confessando que o desejo da obra no Algarve era “fazer um trabalho mais próximo com as famílias das crianças”. “Gostaríamos muito, junto das famílias dos nossos utentes, de ter uma acção evangelizadora um pouco mais consistente”, complementa a consagrada, explicando que a missão “não é muito fácil porque os pais não têm tempo e não estão muito receptivos”. Há 50 anos, a OSZ esteve nos primeiros tempos a funcionar no emblemático Palácio Belmarço, em Faro, tendo depois passado para a praceta Engenheiro Duarte Pacheco, onde ainda hoje é a sua sede. A directora da Obra de Santa Zita no Algarve, Isabel da Luz, explica que foi o padre José Nobre Duarte, o primeiro assistente da OSZ na diocese algarvia, que conseguiu o terreno para a construção da actual sede. Actualmente a obra conta com 8 cooperadoras da família no Algarve, incluindo as duas que trabalham no Paço Episcopal de Faro, assistindo directamente o Bispo diocesano e os sacerdotes que ali residem. Para o futuro esperam continuar as suas actividades, colaborando também, na medida do possível, com a paróquia onde estão inseridas. No próximo domingo, dia 3 de Junho, a celebração dos 75 e 50 anos, respectivamente a nível nacional e local, será assinalada com a Eucaristia de acção de graças presidida, pelas 12 horas, pelo Bispo do Algarve na Sé Catedral, seguindo-se um almoço de confraternização na sede da obra. A apresentação de um diaporama de resumo dos 75 anos da OSZ dará continuidade ao programa após o almoço, seguida da actuação do grupo de Santa Maria.

Verifique também

Bispo do Algarve destacou ação das Misericórdias para “curar as chagas humanas e sociais”

O bispo do Algarve considerou ontem que “as Misericórdias se situam entre as instituições que, …