Estes nossos pensamentos, oração de louvor e agradecimento ao Criador, irradia do espírito e do coração fazendo-se palavra escrita, com motivo na Ordenação Sacerdotal que no Domingo receberá o “nosso” Diácono Joel Teixeira. “Nosso” porque professando esta mesma Fé que é o Credo da nossa Crença; “nosso” porque neste ser ungido pelo Sacramento da Ordem é uma luz acesa para a Diocese, terra de Missão e de Evangelização, o­nde a messe é tão extensa e tão escassos os obreiros, “nosso” porque este jovem que disse Sim ao chamamento, nasceu, tal como a maioria de nós, nesta “Terra de Santa Maria”, que pede ao Pai, outras muitas e santas vocações sacerdotais; ainda nosso, porque hemos, pela graça de Deus, acompanhado e vivido, a caminhada profética deste jovem algarvio que em si mesmo assumiu o desafio – certeza: “Não tenhais medo!”. Na tarde de Domingo, neste Dia do Senhor, a Diocese do Algarve está, jubilosa e significativamente em festa, bendizendo a divina graça da Ordenação. Muitos lá estaremos, ainda que a esmagadora maioria bem distante, Algarve em fora, da Foz do Ceixe à Foz do Vascão e do Cabo de São Vicente à Ponta de Santo António, porque em espírito, numa verdadeira e participada comunhão eclesial, dizendo pela graça do Padre Joel Teixeira. “Obrigado, Senhor!”.